Voltar

Notícias

(GERAL)
Celulose:Argentina, Brasil e Chile exportam US$3bi
A Argentina, o Brasil e o Chile, os únicos países produtores e exportadores de pasta de celulosa na América do Sul, venderam cerca de US$3 bilhões durante 2005, segundo um relatório divulgado em Montevidéu.

A Câmara de Comércio Uruguai-Argentina fez um estudo sobre "O negócio da celulosa na região", detalhando que durante o ano passado a Argentina recebeu quase US$160 milhões das fábricas instaladas em seu território.

O Uruguai será o quarto país produtor e exportador de pasta de celulose da região, quando começarem a funcionar as fábricas que as empresas finlandesa Botnia e espanhola Ence estão construindo em Fray Bentos, 309 quilômetros ao norte de Montevidéu.

A Argentina e o Uruguai vivem uma crise diplomática por causa da construção das fábricas de Fray Bentos, devido à oposição do governo argentino, por causa da possível contaminação da região. Segundo o relatório, em 2005 a Argentina teve uma renda de aproximadamente US$158 milhões provenientes de sua produção.

A Câmara destacou que "há décadas instalaram nesses países inúmeras fábricas de polpa, com diversas tecnologias, e certamente nem todas cumprem os padrões internacionais exigidos atualmente". O Brasil tem a exportação diversificada para todos os continentes e compra celulose da Argentina (cerca de US$42 milhões em 2005) e do Chile (cerca de US$43 milhões), explicou a Câmara.

O relatório acrescenta que o Chile exporta sua celulose para a Europa e para a Ásia, e a Argentina também, porém em menor quantidade, inclusive para a África do Sul.

Fonte: ANSA Latina

Fonte:

Jooble Neuvoo