Voltar

Notícias

(GERAL)
Ibama volta a liberar carvão vegetal em MS
A superintendência regional do Ibama (Instituto de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) volta a emitir as ATPFs, Autorização para Transporte de Produtos Florestais, em caráter excepcional até que seja firmado um Termo de Cooperação com o governo do Estado para que a gestão integral dos recursos florestais seja de responsabilidade da Sema.

O Ibama deixou de emitir as ATPFs a partir de 1º de janeiro deste ano, repassando unilateralmente a incumbência à Sema, que ainda não está devidamente estruturada para assumir mais esse serviço, argumentou o gerente de Recursos Florestais do Imap (Instituto de Meio Ambiente Pantanal), Osvaldo dos Santos.

A conseqüência da medida foi uma fila de aproximadamente 100 caminhões carregados com carvão, segundo representantes dos carvoeiros, impossibilitados de fazer o transporte devido a falta do documento. O secretário de Meio Ambiente, José Elias Moreira, antecipou o retorno das férias na tentativa de solucionar o impasse.

Em contato por telefone com o diretor nacional de Recursos Florestais do Ibama, Antônio Carlos Hummel, o secretário conseguiu convencê-lo a rever a decisão e determinar que o Instituto continue a emitir as ATPFs até que a Sema esteja em condições de assumir essa incumbência.

O secretário explica que o Estado não está se furtando da responsabilidade, mas pede o tempo necessário para ter o controle rigoroso sobre a atividade. . “Em no máximo dois meses queremos assinar o termo, mas o Estado só deve assumir todas as funções que ainda são do Ibama nesse setor em 180 dias”, salienta.

Fonte: Aquidauana News

Fonte:

Jooble Neuvoo