Voltar

Notícias

22
nov
2005
(GERAL)
Empresa lança papel ecológico feito com sobras industriais.
Com a marca Sulino Eco, papel higiênico é vendido em sete estados. A Astória Papéis, de Gravataí (RS), lançou no mercado consumidor de sete estados o Sulino Eco, o primeiro papel higiênico ecológico do País, fabricado a partir da sobras de papéis industriais. Com o novo produto, a empresa espera um faturamento de cerca de R$ 3 milhões ainda neste ano, ou 10% do faturamento estimado de R$ 30 milhões no ano (30% a mais do que em 2002).

"O Sulino Eco é resultado da reciclagem de papéis industriais. Utilizamos as sobras limpas de várias indústrias nacionais. Com isso, não usamos recursos naturais para fabricar o Sulino Eco. Aí está a sua condição de primeiro papel higiênico ecológico do País", disse o diretor comercial da Astória, Pércio Fernandez Júnior.

O novo produto chegou ao mercado no início do mês, em cinco mil pontos de vendas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Mato Grosso. "Estamos na fase de apresentação ao consumidor final. Mas pela resposta que tivemos dos comerciantes (90% deles aceitaram e compraram o Sulino Eco), temos a certeza de seu sucesso. Em fins de setembro, deveremos entrar com campanha publicitária".

A idéia para a produção do papel higiênico ecológico surgiu de sugestões dos comerciantes. Durante seis meses, a Astória desenvolveu o produto, comprando um novo maquinário (R$ 1 milhão), montando a rede de fornecedores e criando cerca de 50 novos empregos entre pessoal de fábrica e vendedores.

O Sulino Eco está sendo comercializado em pacotes de quatro e oito rolos de 30 metros, em embalagem na cor verde.

Vitor Paz

Fonte: Gazeta

11/ago/03

Fonte:

Neuvoo Jooble