Voltar

Notícias

01
dez
2021
(MERCADO)
Móveis brasileiros pelo mundo: ‘Estudo de Oportunidades para Empresas com Potencial e Exportadoras’

Você conhece os serviços de Inteligência Comercial do Projeto Setorial Brazilian Furniture? Iniciativa da ABIMÓVEL – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário e da Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, o projeto, que foca no incremento à competitividade e na internacionalização de empresas e profissionais brasileiros ligados à indústria de móveis, conta com uma agenda de estudos e relatórios com dados e informações estratégicas de economia, indústria e mercado, ampliando o mapa de oportunidades e auxiliando no planejamento de seus associados, com foco no comércio exterior.

Segunda maior economia da América Latina, o México é um dos mercados-alvos do Brazilian Furniture. As exportações brasileiras de móveis e colchões para o país aumentaram 88,9% em setembro deste ano, na variação mensal. Com isso, o acumulado do ano, em nove meses, experimentou crescimento de 56,7%. Demonstrando, assim, a efetividade das ações direcionadas ao país.

Dessa forma, neste mês o projeto traz com exclusividade para seus associados o “Estudo de Oportunidades para Empresas com Potencial e Exportadoras – Edição México”, desenvolvido em parceria com o IEMI – Inteligência de Mercado, tendo por referência dados estatísticos atualizados e projetados a partir de consultas a uma extensa lista de fontes oficiais, nacionais e internacionais.

 Se você perdeu a última edição do estudo com o panorama dos Estados Unidos, clique aqui para ver os highlights

Acompanhe a seguir alguns dos destaques do estudo de oportunidades no mercado Mexicano, disponível com exclusividade para os associados do Projeto Brazilian Furniture

No ano passado, o México se posicionou como a 13ª maior economia do mundo e, ainda, como a 21ª economia mais complexa, segundo o Índice de Complexidade Econômica (ICE), o qual utiliza a pauta exportadora de um país para medir a sofisticação tecnológica da sua produção.

O PIB mexicano foi de US$ 1,1 trilhão em 2020, recuo de 15,2% em decorrência, sobretudo, da pandemia de Coronavírus, que afetou drasticamente o consumo privado, com a vacinação ainda caminhando em ritmo lento por lá. Tal resultado proporcionou um PIB per capita de US$ 8,3 mil no ano passado, com uma população atual de 128,9 milhões de habitantes.

Embora sua economia tenha expressiva relevância, o país ainda é muito dependente dos Estados Unidos, seu principal parceiro comercial e destino de aproximadamente 80% das exportações mexicanas.

Segundo as estimativas do FMI – Fundo Monetário Internacional, no entanto, espera-se que a economia mexicana apresente uma recuperação de 5% em 2021 e de 3,2% em 2022. Esta expectativa será alavancada por alguns fatores, tais como o próprio avanço da vacinação contra a Covid-19; em adicional ao aumento das exportações de bens manufaturados que, por sua vez, poderá encontrar um cenário favorável, devido à forte recuperação e políticas adotadas pelo vizinho norte-americano.

Produção e consumo de móveis no México

Apesar de contar com um setor produtivo diversificado e tecnológico de forma geral, quando tratamos da indústria moveleira mexicana, contudo, esta é composta quase que integralmente por micro e pequenas empresas, as quais representam 97,6% do total.

Na produção prevalece o trabalho manual artesanal. Características que influenciam em certa limitação em termos de competitividade, quando comparado a produtos que envolvam maior tecnologia e industrialização em sua produção.

O país, aliás, contou com uma produção de móveis modesta no ano passado, com cerca de US$2,4 bilhões de faturamento. Além disso, a produção de móveis no México é tradicionalmente direcionada para o mercado externo, em especial os Estados Unidos. De tal modo, 55,4% do consumo aparente de móveis e colchões no México em 2020 foi suprido pelas importações. Fator  que demonstra uma alta abertura a produtos estrangeiros, sendo um mercado interessante para empresas que tenham vocação exportadora.

Hábitos de compra dos consumidores mexicanos

Os hábitos dos consumidores têm acompanhado o desenvolvimento do país. Entretanto, enquanto o poder de compra dos mexicanos aumenta, observa-se que o tempo disponível para realizar compras torna-se escasso. Assim, muitos mexicanos têm buscado opções que poupem não só o tempo, como o próprio dinheiro.  Com isso, as grandes plataformas de compras online tornaram-se o principal canal de consumo no país.

E como a indústria brasileira de móveis pode atender às expectativas, necessidades e demandas desse mercado que se mostra bastante interessante para empresas moveleiras com potencial exportador?

Associe-se ao Brazilian Furniture e confira a versão completa deste e outros estudos com dados, informações, tabelas, gráficos e análises de especialistas, fundamentais para o planejamento estratégico do seu negócio: brazilianfurniture.org.br/intranet.

PROJETO SETORIAL BRAZILIAN FURNITURE

O Projeto Setorial Brazilian Furniture é uma iniciativa da ABIMÓVEL – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário e da Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, que tem por objetivo incrementar a participação da indústria brasileira no mercado internacional por meio de um conjunto de ações estratégicas tendo como base os pilares da sustentabilidade, competitividade e do design integrado à indústria, voltados para o mercado global.

O projeto conta com a participação de cerca de 160 empresas que possuem acesso a informações de Inteligência Comercial e Competitiva, Feiras e Missões Internacionais, Projetos Comprador e Vendedor, Projeto Imagem, Programa de Design Integrado à Indústria, entre outras inúmeras atividades no exterior.

– Promoção de Exportações e Investimentos

– Acesso exclusivo a informações e dados de Inteligência Comercial

– Agrega valor ao seu negócio

Saiba mais sobre o projeto e como fazer parte de nossas ações em brazilianfurniture.org.br.


MÓVEIS: O NOSSO NEGÓCIO!
Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário – ABIMÓVEL

Imprensa: press@abimovel.com

Fonte: Abimóvel

Jooble Neuvoo