Voltar

Notícias

11
nov
2021
(MADEIRA E PRODUTOS)
Madeira exportada do MT de forma sustentável através de florestas gerenciadas

Grande parte da Amazônia está dentro do Estado de Mato Grosso. Entre agosto de 2019 e julho de 2020, a área registrou fins madeireiros em Mato Grosso foi equivalente à soma da área explorada nos outros seis estados da Amazônia região.

No estado de Mato Grosso são 3,8 milhões hectares sob manejo florestal sustentável em corte ciclos de 25 a 35 anos.

O setor industrial e comercial com base em safras de florestas naturais em Mato Grosso está no cerne da economia em 44 municípios gerando cerca de 90.000 empregos diretos e indiretos.

De acordo com o Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (CIN / FIEMT) uma plataforma online ComexStat fornecida por exportação de madeira serrada da Secretaria de Comércio Exterior (SECEX) cresceu 73% ano a ano em julho deste ano e valeu a pena US $ 1,8 milhões.

De acordo com Centro para Produtores e Exportadores de Madeira do Estado de Mato Grosso (CIPEM) 98% da madeira exportado pelo estado vem de floresta sustentável áreas de manejo.

Em notícia relacionada, o IBAMA suspendeu a emissão de licenças para transporte e armazenamento de madeira tropical (Documento de Origem Florestal, DOF) para Mato Grosso em Março de 2021.

O objetivo da suspensão era permitir ao estado governador para integrar os sistemas estaduais de floresta monitoramento e controle com o sistema federal SINAFLOR (Sistema Nacional de Controle de Origem de Produto Florestal).

Em agosto de 2021 a Secretaria Estadual do Meio Ambiente em Mato Grosso (SEMA / MT) confirmou que a integração entre os sistemas estaduais e SINAFLOR foi concluído. A próxima etapa será a implementação de rastreabilidade verificável.
 

Fonte: ITTO/Remade

Jooble Neuvoo