Voltar

Notícias

14
jul
2020
(GERAL)
Processo para misturar nanopartículas de argila consegue melhorar a areia do deserto em terras aráveis

Os compostos conseguem melhorar a areia do deserto em terras aráveis. A cientista norueguesa Kristian Morten Olesen patenteou um processo para misturar nanopartículas de argila com água e uni-las com partículas de areia para condicionar o solo do deserto;

Ela trabalha na Liquid Nanoclay (LNC) desde 2005. “O tratamento confere às partículas de areia um revestimento de argila que altera completamente suas propriedades físicas e permite que elas se unam à água. Este processo não envolve nenhum agente químico.

Podemos transformar qualquer solo arenoso de baixa qualidade em terras agrícolas de alto rendimento em apenas sete horas. ”A areia do deserto tem uma baixa capacidade de retenção de líquidos, tornando praticamente impossível o cultivo. Ao misturar essa argila com a areia, ela altera suas propriedades e, em seguida, torna-se capaz de reter água, tornando o solo fértil. É aplicado diretamente no sistema de irrigação, uma vez que o solo, absorvendo o componente, começa a economizar água como uma esponja, criando uma camada com vários centímetros de espessura da terra arável.

Ole Morten Olesen, do Desert Control, afirma: “Simplesmente misturamos argila natural com água que é inserida na areia, criando uma camada de meio metro de solo que converte o solo. areia em bom solo fértil. "O processo não incorpora nenhum agente químico e o solo tratado mantém suas propriedades por cinco anos. Após esse período, é necessário um novo tratamento. Eles estão realizando testes nos Emirados Árabes Unidos, onde alcançaram 50% de economia no consumo de água.

Fonte: Marcianos.com

Neuvoo Jooble