Voltar

Notícias

30
set
2019
(INTERNACIONAL)
Regulamento afeta os meios de subsistência dos agricultores indianos

Escrevendo no Times of India sob a manchete “A extinção comercial de jacarandá indiano dos mercados globais - abundante e redundante” Varsha Singh explica o impacto sobre os agricultores indianos da lista de jacarandá da CITES.

Apesar da decisão da CITES de permitir o transporte transfronteiriço de instrumentos musicais acabados com componentes de jacarandá, sem a necessidade de licenças da CITES, bem como o comércio de produtos acabados de jacarandá, como artesanato com peso inferior a 10 kg por remessa, a rígida regulamentação está afetando os agricultores indianos.

O Dalbergia sissoo ou jacarandá está disponível em abundância na Índia e é amplamente preferido nas famílias indianas como a melhor escolha para o mobiliário doméstico.

A decisão de listar jacarandá pela CITES afetou os agricultores da Índia que dependem das árvores de sissoo (shisham) para complementar sua renda. Singh escreve: “Dalbergia sissoo é uma espécie para a agrossilvicultura e milhões de agricultores plantam isso em seus campos como um investimento para necessidades futuras, como educação infantil, emergências médicas etc. e como um seguro contra anos ruins”.

Citando uma Pesquisa Botânica da Índia que mostra Dalbergia sissoo não se enquadra em nenhuma categoria ameaçada e está disponível em abundância, tanto nas populações selvagens quanto nas cultivadas, o Ministério do Meio Ambiente tentou retirar o jacarandá da Índia, mas a CITES não estava convencida.

Fonte: ITTO/Remade

Neuvoo Jooble