Voltar

Notícias

21
jul
2019
(BIOENERGIA)
As exportações de biomassa florestal do sul do Brasil

Durante o IV Congresso Internacional de Biomassa, um porta-voz da Associação Florestal de Santa Catarina (ACR) informou que em 2018, o Brasil exportou 1,6 milhões de toneladas de lascas de madeira, serragem e resíduos de madeira gerando cerca de US $ 144 milhões.

O Japão importou mais de metade de todas as exportações, principalmente aparas de madeira para energia e produção de celulose.

A ACR participou de um painel de discussão sobre florestas de biomassa e apresentou uma visão geral do potencial de Santa Catarina

De acordo com o Anuário de Estatística Florestal 2019 o Estado de Santa Catarina respondeu por 29% das exportações brasileiras de pellets de madeira para fins energéticos. Em 2018, o Brasil exportou 226,1 mil toneladas de pellets  de madeira dos quais o Reino Unido importou US $ 24,4milhões e a Itália US $ 12,6 milhões.

O nível de industrialização em Santa Catarina para produtos de madeira são altos de acordo com a ACR. O Estado tem uma indústria diversificada.

O Anuário ACR 2019 ilustra que os municípios que abrigam um setor florestal ativo observaram melhorias significativas na qualidade de vida da população nos últimos anos.

Fonte: ITTO/Remade

Neuvoo Jooble