Voltar

Notícias

07
out
2018
(TECNOLOGIA)
A Noruega constrói a torre de madeira mais alta do mundo

A Noruega constrói a torre de madeira mais alta do mundo, e é ambientalmente amigável e resistente ao fogo

A Torre Mjos, que está situada perto e recebeu o nome de um lago localizado a cerca de 100 km ao norte de Oslo, viu seu último feixe içado por um guindaste esta semana.

A Noruega completou o quadro do edifício de madeira mais alto do mundo com 85,4 m, tem 18 andares, que está sendo elogiado por ser ecologicamente correto e resistente ao fogo.

Os promotores dizem que o uso de madeira, um material renovável, permite reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) em comparação com o concreto, que é o principal material dos edifícios residenciais nas cidades.

"Construir com madeira está nos ajudando a respirar em um mundo melhor", disse o empresário Arthur Buchardt, que acrescentou que ele começou o projeto depois de ter sido inspirado pelo acordo de Paris sobre a mudança climática.

Os construtores dizem que o prédio é resistente ao fogo, já que usa madeira laminada que só queima quando continuamente exposta a chamas.

Quando for inaugurada em março de 2019, a torre ultrapassará a sua equivalente de 49 milhões Treet (árvore em norueguês), que anteriormente detinha o recorde do edifício de madeira mais alto do mundo e está localizada na cidade de Bergen.

A Torre Mjos vai albergar apartamentos, uma piscina interior, um hotel, escritórios, um restaurante e áreas comuns.

Originalmente, deveria ter 81 metros de altura, mas uma pérgula no topo do telhado acrescentou outros 4,4 metros.

Este acréscimo é ligeiramente superior à torre HoHo (84m), atualmente em construção em Viena.

Este edifício austríaco tem uma estrutura híbrida combinando madeira (76 por cento) e outros materiais, ao contrário da Torre Mjos.

Outros projetos de madeira ainda mais ambiciosos foram propostos, incluindo a torre de Baobab em Paris (120m), embora as autoridades municipais tenham desativado a proposta.

A Abebe Court Tower em Lagos (87m), entretanto, ainda está à espera de ser construída, de acordo com a CTBUH, uma ONG especializada em design urbano sustentável.

Fonte: Infoslyva/Remade

Anuncie RM Neuvoo