Voltar

Madeiras : PMVA

EGP

Os painéis de sarrafo, também chamados de painéis de madeira colados lateralmente, ou na língua inglesa, conhecidos como "Edge Glued Panel" (EGP), são atualmente bastante utilizados para a confecção de móveis, portas, pisos e também na construção civil. Com a alta demanda da madeira, este tipo de painel está ganhando espaço por utilizar pedaços de madeira para a confecção de painéis que apresentam aspecto de madeira sólida. Isto gera grande valor agregado ao produto final. Além disso, o que antes podia ser resíduo, agora se transforma em produto valioso, sendo a técnica bastante ecoeficiente e sustentável. Através dessa tecnologia podem ser obtidas tábuas para construções, habitações, portas, prateleiras, pisos, forros, etc. Podem ainda ser construídas peças estruturais de maiores dimensões e resistências.

Como o próprio nome do painel sugere, sarrafos de madeira com dimensões e espessuras semelhantes são acondicionados lado a lado com a presença de colas, adesivos, resinas e produtos para aumentar a vida útil da madeira, sendo submetidos ao calor e prensagem para essa adesão. Isso leva ao beneficiamento destes pequenos sarrafos que anteriormente eram considerados sobras da serraria e eram descartados ou queimados como biomassa energética. Os sarrafos também podem ser melhor unidos através de “finger joints” (pequenos dentes que se encaixam tipo macho/fêmea para facilitar a união). A madeira pode então ser originada de árvores de pequenos diâmetros como as de primeiro desbaste de reflorestamentos de Pinus, o que garante mais uma grande vantagem da tecnologia. Há painéis de 20 a 40 cm de comprimento por 5 a 10 cm de largura provenientes de espécies de Pinus de ciclo curto (10 anos) de boa qualidade, sendo inclusive exportados.

Por serem muitas vezes confeccionados com árvores jovens, as quais possuem menor comprimento e espessura de parede das fibras e menores densidades de madeira, podem surgir algumas desvantagens: o painel que é constituído de madeira juvenil apresenta menor rigidez e propriedades mecânicas inferiores aos das árvores adultas, sendo mais propenso à quebra. Padrões de qualidade estão sendo estipulados para a comercialização deste tipo de painel levando em conta fatores como espessura de sarrafos, umidade, qualidade e quantidade de adesivo e uniformidade principalmente das extremidades.

Os sarrafos de Pinus são muito requisitados para serem transformados neste produto EGP, pois a coloração clara de sua madeira é mais apreciada gerando um produto final de bom visual e acabamento.

Aos interessados, confiram as tendências econômicas, a qualidade e classificação destes compensados que, além de agregar valor ao produto final, diminuem desperdícios e conferem melhor aproveitamento da madeira em dias em que a sua demanda está cada vez maior. Visitem também alguns websites de fabricantes e empresas que comercializam o EGP para conhecerem mais sobre esses interessantes e sustentáveis painéis de madeira.

Neuvoo Anuncie RM