Voltar

Madeiras estadunidenses e exóticas

Cerejeira

Cerejeira Nome científico:
Prunus serotina

Outros nomes e Espécies Afins:
American Cherry, Cerejeira negra americana

Descrição da Árvore:
A cor do cerne da cerejeira varia do vermelho intenso ao marrom avermelhado e, quando exposto à luz, fica mais escuro. Em contraste, o alburno é branco cremoso. A madeira apresenta uma nervura reta, fina e uniforme, com uma textura macia, e por natureza pode ter nódoas medulares marrons e pequenas bolsas de resina.

Propriedades Físicas:
A madeira é de densidade média, com boas propriedades de flexibilidade, a rigidez é baixa e conta com resistência média (geral e ao impacto).

Gravidade específica: 0,50
Peso médio: 561 kg/m3
Encolhimento volumétrico médio: 9,2%
Módulo de elasticidade: 10.274 MPa
Dureza: 4226 N

Região de Ocorrência:
Ao longo do leste dos Estados Unidos. As principais zonas de comercialização são a Pensilvânia, Virgínia, Virgínia Ocidental e Nova York.

Durabilidade:
O cerne da cerejeira está classificado como resistente à decomposição. O alburno desta madeira é suscetível ao ataque de coleópteros comuns da mobília, e o cerne é mais ou menos resistente ao tratamento com preservativos.

Disponibilidade:
EUA: disponível regionalmente.
Exportação: amplamente disponível como madeira serrada e como laminados em uma extensa gama de especificações e de classificações.

Trabalhabilidade:
A cerejeira é fácil de trabalhar mecanicamente, prega e cola bem e, quando é lixada, pintada e polida, produz acabamento macio excelente. Seca muito rápido embora tenha um encolhimento mais ou menos grande, no entanto, depois da secagem em estufa adquire uma dimensão estável.

Indicações de Uso:
Móveis e armários, marcenaria de alta qualidade, armários de cozinha, molduras, painéis, assoalho, portas, interiores de embarcações, instrumentos musicais, torneado e gravado.

Fonte: AHEC
Anuncie RM Neuvoo