Voltar

Madeiras estadunidenses e exóticas

Bordo brando

Nome científico:
Acer rubrum, Acer saccharinum

Outros nomes e Espécies Afins:
American Soft Maple, Bordo vermelho, bordo prateado

Descrição da Árvore:
Em vários aspectos, o bosque de bordo brando é muito parecido ao do bordo duro, embora, como resultado do seu amplo crescimento, pode ser suscetível a variações regionais em relação à cor. Em geral, o alburno é branco vendida sem seleção de cor.

Propriedades Físicas:
O bordo brando é aproximadamente 25% menos duro que o bordo duro. Conta com resistência média à flexibilidade, compressão, sendo baixo em rigidez e em resistência ao impacto. As propriedades de curvatura a vapor são boas.

Gravidade específica: 0,54
Peso médio: 609 Kg/m3
Encolhimento volumétrico médio: 10,5%
Módulo de elasticidade: 11308 Mpa
Dureza: 4226 N
* Valores para Acer rubrum

Região de Ocorrência:
Ao longo de todo o leste dos Estados Unidos e, em menor grau, na costa Oeste (bordo de folha grande).

Durabilidade:
O bordo brando não é resistente a decomposição nem às pragas. O cerne é moderadamente resistente ao tratamento com preservativos, mas o alburno é permeável.

Disponibilidade:
EUA: facilmente disponível como madeira serrada e como laminado. Exportação: a disponibilidade é cada vez mais ampla, como resultado da crescente procura.

Trabalhabilidade:
A madeira do bordo brando se presta muito bem para o trabalho mecânico. Pintada e polida pode oferecer um excelente acabamento. Pode ser colada, aparafusada e pregada satisfatoriamente. Seca lentamente, com um mínimo de desperdício, e existe pouca variação no rendimento.

Indicações de Uso:
Móveis, painéis, marcenaria interior, armários de cozinha, molduras, portas, instrumentos musicais e torneados. O bordo brando normalmente se utiliza como substituto do bordo duro, ou é pintado para parecer com outras espécies, como a cerejeira. As suas propriedades físicas e de trabalho fazem com que ele seja um substituo para a faia.

Fonte: AHEC
Anuncie RM Neuvoo