Voltar

Madeiras bolivianas e exóticas

Curupau

Curupau Nome científico:
Anadenanthera sp.

Nome Comercial:
Curupay

Familia:
Mimosaceae,

Nome Comum:
Curupau, Cebil, Willca

Região de ocorrência:
Bosques úmidos subtropicais, bosques úmidos temperados e bosques secos temperados de Santa Cruz, Cochabamba, Chuquisaca, Tarija, La Paz.

Descrição da árvore:
Altura total até 27m, tronco cilíndrico, rachado e deformado, com galhos, possue concentração de taninos.

Características da Madeira:
Albura de cor rosa pálido, de transição abrupta e cerne marron escuro, odor e sabor não característicos, grãos entrecruzados, anéis de crescimento não diferenciados.

Propriedades Físicas:
Densidade a 12 % CH 1,02: gr/cm3
Peso específico básico 0,85: muito pesada
Contração total radial: 4,2 %
Contração total, tangencial: 8,4 %
Contração total volumétrica: 2,7 %
Taxa: T/R 2,0 madeira estável

Propriedades Mecânicas (12% CH):
Esforço de ruptura a flexão estática: 1.672 kg/cm2
Módulo de elasticidade a flexão estática: 130.000 kg/cm2
Esforço de ruptura a comprenssão paralela: 839 kg/cm2
Dureza lateral: 1.990 kg

Trabalhabilidade:
Processamento mecânico difícil, acabamento superficial regular, se recomenda processar quando a madeira estiver úmida.

Preservação e Durabilidade Natural:
Baixa absorção no tratamento a pressão, madeira muito durável inclusive em contato com o solo.

Indicações de uso:
Pisos (parquet), madeira para estruturas, móveis para exterior, chapas decorativas, peças torneadas, dormentes.

Fonte: ccbol.com
Anuncie RM Neuvoo