Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Matamatá-ci

Matamatá-ci

Nome científico
Eschweilera sp.

Descrição da árvore

Forma: árvore caducifólia, com 15 a 25m de altura e 30 a 60cm de DAP, podendo alcançar até 32m de altura e DAP de 100cm, na idade adulta.
Tronco: cilíndrico, pouco ou totalmente tortuoso e irregular. Fuste com até 15m de comprimento. Às vezes, aparecem ramos epicórmicos pelo tronco. Os exemplares grandes e velhos têm sapopemas na base do tronco.
Ramificação: grossa e tortuosa. Copa alargada e aplanada com ramos primários largos, ascendentes e tortuosos, com folhagem verde-amarela. Casca: fina com espessura de até 11 mm. A casca externa é cinza-escura, pouco áspera e dura, com fissuras longitudinais irregulares e fissuras horizontais finas, dividindo-se em placas retangulares, pequenas, que se desprendem facilmente ao serem retiradas. A casca interna é alaranjada a alaranjada-rosada.

Características da Madeira
Massa específica aparente: a madeira do marmeleiro-bravo é moderadamente densa (0,67 a 0,75 g/cm3), a 15% de umidade (Boiteux, 1947; Silva, 1967; Labate, 1975; Lopez et al., 1987;Stillner, 1980).
Cor: alburno amarelado; cerne pardo-escuro, tornando-se castanho-ocráceo depois de cortado e exposto ao relento por algum tempo.
Características gerais: superfície com ligeiro brilho natural, textura fina e heterogênea; grã direita a ligeiramente entrelaçada.
Durabilidade Natural: apresenta pouca durabilidade em contato com o solo e umidade. Todavia, não é resistente à podridão.
Secagem: difícil, devido à forte contração volumétrica (17,4%), que provoca deformações, sendo aconselhável uma secagem lenta, cuidadosa e tratamentos de recondicionamento para possibilitar sua utilização (Celulosa Argentina, 1975).
Preservação: apresenta moderada absorção de líquidos preservantes nos tratamentos de impregnação.
Trabalhabilidade: apresenta ligeira dificuldade em peças serradas e usos de pregos. Apresenta aparência suave e atrativa.

Espécies Afins
Ruprechtia C. Meyer é um gênero com aproximadamente 16 espécies de árvores e arbustos, distribuídas desde o sudoeste do México, América Central e partes tropicais e subtropicais da América do Sul, até a Argentina e o Uruguai.

Produtos e Utilizações
Madeira serrada e roliça: a madeira do marmeleiro-bravo é indicada para confecção de móveis, carpintaria em geral, esquadrias de portas e janelas, marcos de portas e de janelas, caibros, vigas, tabuado em geral, mourões e laminados. A madeira é muito apreciada para trabalhos de marcenaria.
Energia: produz lenha de boa qualidade.
Celulose e papel: espécie inadequada para este uso (Wasjutin, 1958).

Ocorrência Natural
Latitude: 7º S (Paraíba) a 31º S (Rio Grande do Sul).
Variação altitudinal: de 30m no Rio Grande do Sul a 1.000m de altitude, no Paraná

Neuvoo Anuncie RM