Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Macucu de paca

Nome científico
Aldina heterophylla Spruce ex Benth. Caesalpiniaceae

Distribuição geográfica

Ocorre no Amazonas e Colômbia, comumente em matas alagadas de terra firme, e também nas campinas arenosas.

Denominações Vulgares
Macucu de paca, macucu.

Descrição da árvore
Altura comercial (m): 30 – Alta.
Diâmetro (cm): 50 superior
Tronco: cilíndrico
Casca: espessa, avermelhada, exudando resina; presença de sapopemas
Folhas: imparipinadas, algumas vezes unifolioladas. Inflorescência em panículas. de racemos terminais, com flores brancas, aromáticas. Fruto legume, drupáceo, esférico, lenhoso, com uma única semente que se assemelha a um grande grão de feijão.

Características da Madeira
Peso específico básico (g/cm³): pesada.
Cor do alburno: bege amarelado
Cor do cerne: avermelhado, com aspecto fibroso característico.
Grã: revessa
Textura: média à grossa
Cheiro e gosto: indistintos
Trabalhabilidade: fácil de serrar e aplainar é resistente ao ataque de fungos e de cupins.
Poros: vistos a olho nu, poucos, médios e grandes, solitários e geminados, chegando a formar cadeias, vazios ou obstruídos por resina amarelada.
Linhas vasculares: bem demarcadas, altas.
Figura radial: visíveis a olho nu, finos.
Figura tangencial: apresentam-se estratificados.
Parênquima axial: visível a simples vista, aliforme de prolongamentos longos, confluente e formando arranjos oblíquos.
Camada de crescimento: demarcadas por zonas de tecido fibroso.

Usos indicados
Construção civil, dormentes, implementos agrícolas, postes, pilares, móveis pesados, carpintaria, marcenaria e acabamento, faqueados decorativos.

Anuncie RM Neuvoo