Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Ipê-felpudo

Nome científico
Zeyheria tuberculosa

Descrição da árvore
Forma: árvore semicaducifólia com 6 a 20 m de altura e 30 a 50 cm de DAP, podendo atingir, no máximo, 35 m de altura e 90 cm de DAP, na idade adulta.
Tronco: reto, cilíndrico. Fuste com mais de dois terços de altura total da árvore.
Ramificação: monopodial no estagio jovem a dicotômica quando adulta, com a copa colunar quando jovem e cônica a globosa quando adulta. Ramos com tricomas estrelados marron-escuros.
Casca: com espessura de até 5 cm. A casca externa é cinza-clara a pardo-amarelada, profudamente sulcada e muito fissurada, formando longas cristas longitudinais. A casca interna é cinza-amarelada, escurecendo quando em contato com o ar.

Características da Madeira
Massa específica aparente: a madeira do ipê-felpudo é moderadamente densa (0,75 a 0,80 g.cm³) a 15% de umidade (Mainiei, 1970a).
Cor: o alburno é espesso e de coloração clara.O cerne é de coloração amarelo-escura, às vezes com reflexos esverdeados, alterando-se com exposição ao ar para castanho-amarelado.
Características gerais: superfície irregular, lustrosa, lisa ao tato, algumas vezes de aspecto fibroso; textura média; grã direita. Cheiro imperceptível e gosto ligeiramente amargo.
Durabilidade apresenta alta durabilidade natural e madeira flexível.
Outras características: Essa espécie é o verdadeiro ipê-tabaco. Esse nome é dado pelo serradores. O operário, quando esta serrando a madeira, ao respirar o pó da serragem, sofre um acesso de espirros, cujo o efeito lembra o pó de fumo popularmente conhecido como tabaco ou rapé (Duarte 1979).
A descrição anatômica da madeira dessa espécie pode ser encontrada em Carlos (1988).

Espécies Afins
No Brasil, ocorrem duas espécies desse gênero. A outra espécie é Z. montana Martius (sinônimo: Z. digitalis (Velloso) L. B. Smith & Sandwith), comum no Cerrado e nos campos de altitude, na Bahia, no Distrito Federal, em Goiás, no Pará, em Pernambuco, no Piauí, no Paraná, no Maranhão, em Minas Gerais, em Mato Grosso e no Estado de São Paulo. È conhecida por pau-d’arco em Pernambuco e por bolsa-de-pastor no Piauí, sendo bastante semelhante a Z. tuberculosa, seu par vicariante.

Produtos e Utilizações
Madeira serrada e roliça:a madeira do ipê-felpudo pode ser usada em construção civil.(estruturas de casas e telhados, pisos, paredes de tábuas), obras externas (pontes), tacos de assoalho; atividades agropecuárias (cercas mourões, postes, currais, paióis, cabos de ferramentas e instrumentos agrícolas), principalmente em pequenas propriedades rurais e como dormentes.
Energia: madeira com alto poder calorífico, muito boa para lenha e carvão.
Celulose e papel: espécie inadequada para este uso.

Ocorrência Natural
Latitude: 3º40’ S no Ceará a 23º 30’S no Estado de São Paulo.
Variação latitudinal: de 30m, de altitude, na chapada Diamantina, na Bahia.

Neuvoo Anuncie RM Gell