Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Canela-branca

Nome científico
Nectandra lanceolata

Descrição da árvore
Forma: árvore perenifólia, com 10 a 15m de altura e 20 a 50cm de DAP, podendo atingir 25m de altura e 120cm de DAP, na idade adulta.
Tronco: reto, geralmente pouco tortuoso. Fuste geralmente curto, suavemente acanalado, de até 8m de comprimento.
Ramificação: grossa e abundante. Copa irregular, larga, densifoliada, com presença de folhas avermelhadas. O ápice dos ramos têm indumento ferrugíneo.
Casca: com espessura de até 20 mm. A casca externa é quase lisa a áspera, parda-grisácea, com abundantes lenticelas e, às vezes, coberta por liquens. A casca interna é amarela, com numerosas estrias escuras e odor de fezes característico. Em contato com o ar, escurece rapidamente.

Características da Madeira
Massa específica aparente: a madeira da canela-branca é moderadamente densa (0,70 g/cm³), a 15% de umidade.
Massa específica básica: 0,47 a 0,48 g/cm³.
Cor: alburno e cerne amarelo-uniforme.
Outras características
A aparência, propriedades e usos da madeira desta espécie são semelhantes às de Nectandra angustifolia (Schrader) Nees & Mart. ex Nees (Lopez et al., 1987), conhecida por canela-loura. A madeira desta espécie é fácil de trabalhar.

Espécies Afins
O gênero Nectandra Rolander ex Rottboel é o segundo maior gênero das Lauráceas brasileiras. Habitam a América tropical, principalmente a América do Sul, aproximadamente 150 espécies. Rohwer (1992) não considera Nectandra puberula (Schott) Nees como sinonímia botânica de Nectandra lanceolata, como sugere Pedrali (1987). Essas espécies são botanicamente muito próximas, sendo separadas, principalmente, pela época de floração: Nectandra lanceolata floresce principalmente de setembro a dezembro, enquanto Nectandra puberula floresce comumente de fevereiro a maio (Rohwer, 1992).

Produtos e Utilizações
Madeira serrada e roliça: a madeira da canela-branca é indicada na construção civil, para ser usada como caibro, forro, ripa, tabuado, taco, esquadrias, obras internas e móveis.
Energia: produz lenha e carvão de boa qualidade.
Celulose e papel: espécie inadequada para este uso.

Ocorrência Natural
Latitude: 13º 45´ S (Goiás) a 30º S (Rio Grande do Sul).
Variação latitudinal: de 30m (Espírito Santo) a 1.650m de altitude (São Paulo).

Neuvoo Anuncie RM