Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Teca

Nome Científico:
Tectona grandis Lf. Berbenaceae

Nomenclatura Estrangeira:
Teck (França); Teak (Inglaterra); Tiek (Alemanha); Djati (Holanda).

Ocorrência:
No Brasil, ocorre em plantações existentes no Mato Grosso e Pará. Espécie nativa da República Dominicana, Jamaica, Costa Rica, Cuba, Colômbia, Venezuela, Porto Rico, Oceania, Sudeste Asiático, Norte da Índia, México e Peru.

Características Gerais:
Madeira de cor amarela escura, com veios mais escuros, textura média e grã direita, com gosto indistinto e cheiro característico.

Durabilidade Natural:
A Teca apresetna alta resistência ao ataque de fungos e insetos.

Propriedades Físico-Mecânicas:

Densidade de massa aparente (15%) 660 Kg/m3
0,66 g/cm3
Contrações Radial 2,10% -o-
Trangencial 4,60% -o-
Compreensão axial*: Limite de resistência madeira (15%) 47 MPa 476 kgf/cm2
Flexão estática Limite de resistência madeira (15%) 92 MPa 936 kgf/cm2
Módulo de elasticidade - verde 9.307 MPa 94.900 kfg/cm2
Dureza Janka - verde - Topo 5.600 N 571 Kg
*compressão paralela às fibras.-Fonte: IPT (1989)

Trabalhabilidade:
Madeira de baixa permeabilidade com relação às soluções preservantes.

Indicações de Uso:
A Teca é usada em móveis de alto luxo, marcenaria em geral, pisos, barril para guardar produtos químicos, janelas, portas, esquadrias e peças de decoração internas.

Processamento:
A Teca é uma madeira de aplainamento, torneamento, furação, lixamento e colagem fáceis, apresentando ótimos resultados. A secagem também é considerada fácil.
Neuvoo Anuncie RM