Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Sucupira-Parda

Nome Científico:
Bowdichía virgilioides H.B.K., Leguminosae.

Outros nomes e Espécies Afins:
A Sucupira-parda também é conhecida como Sapupira, Sucupira-do-igapó, Cutiúba e Sapupira-da-mata. As madeiras que compõem o grupo conhecido por Sucupira-parda são procedentes, em todo o pais, por espécies pertencentes aos gêneros Bowdichia (B. nitida e B. virgilioides) e Diplotropis.Em razão da semelhança entre suas madeiras, não existe diferenciação no comércio.

Descrição da Árvore:
Na mata, árvores antigas podem atingir até 45 m de altura e 120 cm de diâmetro, sendo que no capoeirão são de menor porte. Sua casca mostra-se cinzenta, quase lisa, com pequenas fissuras verticais.

Características da Madeira:
Cerne de tonalidade chocolate (recém-cortada) ao marrom-escuro (após secagem), com alburno estreito e acinzentado. Textura entre média e grossa, sendo comum grã irregular e ondulada. Superfície irregularmente lustrosa, de aspecto fibroso e entrelaçado, ligeiramente áspera ao trato. Madeira com cheiro e gosto imperceptível.

Região de Ocorrência:
São espécies próprias da mata firme, ocorrendo nos estados do Amazonas, Rondônia e, com maior freqüência, no Pará, dispersando-se até o Rio Negro.

Propriedades Físico-Mecânicas:
Madeira pesada, dura e compacta. Alta resistência mecânica e média retratibilidade. É considerada como sendo resistente ao apodrecimento.

Massa específica g/cm3 kg/m3
Aparente(15% de umidade) 0,91 910
Básica 0,74 740
Retração Total Radial Tangencial Volumétrica
(%) 5,4 8,4 15,5
Índice tangencial/radial = 1,56
Resistência Mecânica (kgf/cm2) Madeira Verde A 15% de umidade
Compressão axial 715 814
Flexão estática 1.279 1.442
Tração normal 92 -


Comportamento Durante a Secagem:
A madeira é de secagem razoavelmente difícil ao ar, com tendência a rachaduras e empenamentos. Condições drásticas na secagem artificial provocam aumento na incidência de defeitos.

Programa de secagem sugerido para madeira de SUCUPIRA-PARDA com até 38 mm de espessura.
Umidade Ts (ºC) Tu (ºC) UR (%) UE (%) Potencial
aquecimento 40,0 39,0 94 21,6 -
até 50 40,0 38,2 91 19,8 2,5
50 40,0 38,0 88 18,3 2,7
40 40,0 37,5 85 17,0 2,4
30 45,0 41,0 79 14,2 2,1
25 55,0 49,0 71 11,3 2,2
20 65,0 56,5 63 9,1 2,2
15 65,0 51,5 49 6,8 2,2
10 65,0 43,0 29 4,5 2,2


Programa de secagem sugerido para madeira de SUCUPIRA-PARDA com espessura de 40 mm a 65 mm.
Umidade Ts (ºC) Tu (ºC) UR (%) UE (%) Potencial
aquecimento 35,0 34,0 94 21,9 -
até 50 35,0 34,0 94 21,9 2,3
50 35,0 34,0 94 21,9 2,3
40 35,0 33,5 90 19,7 2,0
30 35,0 33,0 88 18,4 1,6
25 40,0 37,0 83 16,2 1,5
20 50,0 45,5 76 13,1 1,5
15 50,0 42,0 61 9,7 1,5
10 50,0 36,0 40 6,5 1,5


Trabalhabilidade:
A madeira de sucupira-parda é moderadamente difícil de trabalhar. É de fácil serragem, mas com dificuldade no aplainamento devido à irregularidade da grã. Perfuração prévia é recomendada para evitar rachamento na aplicação de pregos. Recebe bom acabamento.

Indicações de Uso:
Empregada na construção civil (partes internas e externas) e na construção naval (convés). É também utilizada na fabricação de móveis de luxo, laminados decorativos, molduras, assoalhos, batentes e aplicaçães similares.
Neuvoo Anuncie RM