Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Pau-ferro

Pau-ferro Nome Científico:
Machaerium scleroxylon Tul. Fabaceae

Outro nomes e Espécies Afins:
Cabiúna, Cabiúna-Vermelha, Caviúna, Caviúna-Rajada, Jacarandá-Caviúna, Jacarandá-da-Caatinga.

Nomenclatura Estrangeira:
Pau-Morado, Moradillo (Bolivia); Striped Caviuna, Caviuna (Internacional)

Ocorrência:
Espécie freqüente em Goías, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Paraná. Também é encontrada na Bolívia.

Características Gerais:
Madeira moderadamente pesada, de cor vermelha clara, textura fina e grã direita, com gosto indistinto e cheiro agradável.

Durabilidade Natural:
A madeira de Pau-Ferro é muito durável, com alta resistência ao ataque de fungos.

Propriedades Físico-Mecânicas:

Densidade de massa aparente (15%) 880 Kg/m3
0,88 g/cm3
Contrações Radial 2,90% -o-
Trangencial 6,70% -o-
Compreensão axial*: Limite de resistência madeira (15%) 61 MPa 617 kgf/cm2
Flexão estática Limite de resistência madeira (15%) 122 MPa 1.244 kgf/cm2
Módulo de elasticidade - verde 9.228 MPa 94.100 kfg/cm2
Dureza Janka - verde - Topo 6.688 N 682 Kg
*compressão paralela às fibras.-Fonte: IPT (1989)

Trabalhabilidade:
Sua tratabilidade é difícil devido à baixa permeabilidade às soluções preservantes.

Indicações de Uso:
Por ser moderadamente pesada e de propriedades mecânicas médias, a madeira do Pau-Ferro pode ser usada na construção civil leve interna e de esquaddrias, na fabricação de mobiliário de alta qualidade, assoalhos domésticos, embarcações, transportes, laminados e compensados, caboes de ferramentas e utensílios, embalagens e paletes, tanoaria, instrumentos musicais, decoração e adorno.

Processamento:
Madeira de aplainamento, torneamento, lixamento e furação difíceis, o acabamento é considerado de boa qualidade.
Anuncie RM Neuvoo