Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Louro-Preto

Louro-Preto Nome Científico:
Ocotea sp, Lauraceae.

Outros nomes e Espécies Afins:
No Brasil as madeiras de Lauráceas são conhecidas como Louro do estado do Amazonas até o estado da Bahia; e daí até o sul são chamadas de Canelas.

Descrição da Árvore:
Árvore perenifolia, de 25 a 30 m de altura e 0,60 a 1,00 m de diâmetro. Tronco um tanto curvo, levemente guinado ou achatado, esgalhamento largo, tortuoso e grosso.

Características da Madeira:
Cerne castanho a pardo levemente amarelado, textura média; grã direita a irregular; superfície lustrosa e lisa ao tato; cheiro e gosto imperceptíveis.

Região de Ocorrência:
Desde as Guianas até o Mato Grosso, Minas Gerais e Paraná.

Propriedades Físico-Mecânicas:
A madeira de Louro-preto apresenta massa específica e resistência mecânica médias e retratibilidade baixa.

Massa específica g/cm3 kg/m3
Aparente(15% de umidade) 0,63 630
Básica 0,52 520
Retração Total Radial Tangencial Volumétrica
(%) 2,6 6,6 10,6
Índice tangencial/radial = 2,54
Resistência Mecânica (kgf/cm2) Madeira Verde A 15% de umidade
Compressão axial - 389
Flexão estática - 802
Tração normal - -


Comportamento Durante a Secagem:
Não há informações precisas sobre o comportamento do Louro-preto durante a secagem, quer ao ar ou em estufa.

Trabalhabilidade:
A madeira de Louro-preto apresenta a característica de ser macia ao corte.

Indicações de Uso:
Móveis comuns, folhas faqueadas decorativas, rodapés, treliças, tábuas em geral, venezianas, assoalhos, construção naval e cutelaria.
Anuncie RM Neuvoo