Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Grevilea

Grevilea Nome Científico:
Grevillea robusta A. Cunn. Proteacea

Nomenclatura Estrangeira:
Southern silky-oak (Austrália), Kawilia (Tanzania), Lacewood (EUA)

Ocorrência:
Espécie encontrada em plantações no sul e sudeste do Brasil, onde tam'bem é usada como ornamento na arborização de cidades. Naturalmente, ocorre no Sudeste da Ásia, Oceania, EUA, Tanzânia, África, Madagáscar, Inslândia, Australia e Nova Zelândia.

Características Gerais:
Madeira de cor castanha clara, textura média e grã reta, lembrando vagamente a madeira de carvalho.

Durabilidade Natural:
A grevilea é moderadamente resistente ao ataque de fungos e cupins.

Propriedades Físico-Mecânicas:

Densidade de massa aparente (15%u) 590 Kg/m3
0,59 g/cm3
Contrações Radial 2,20% -o-
Trangencial 7,30% -o-
Compreensão axial*: Limite de resistência madeira (15%u) 28 MPa 289 kgf/cm2
Flexão estática Limite de resistência madeira (15%u) 61MPa 623 kgf/cm2
Módulo de elasticidade - verde -o- -o-
Dureza Janka - verde - Topo 2.736 N 279 Kg
*compressão paralela às fibras.-Fonte: IPT (1989)

Indicações de Uso:
A madeira da grevilea é usada na construção civil leve, em marcenaria, decoração externa, móveis, armários e compensados de uso geral.

Processamento:
Seu aplainamento, desdobro, furação, torneamento, faqueamento e lixamento são considerados fáceis. A secagem também é facil.
Anuncie RM Neuvoo