Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Faieira

Faieira Nome Científico:
Roupala montana Aubl. - Proteaceae

Denominações vulgares
Brasil: faeira, louro-faia, carvalho-do-brasil, carne-de-vaca.

Distribuição geográfica
Em geral encontra-se dispersa na mata de terra firme, existindo também nos cerrados e campinas nos Estados do Amazonas, Pará, Amapá e Rondônia, e ainda na Bolívia, Guiana e Peru.

Característica da madeira
Cor do alburno: marrom-avermelhada-claro
Cor do cerne: marrom
Grã: direta
Textura: grossa
Figura radial: possuem largas faixas e contrastadas de aspecto bastante singular
Anéis de crescimento: distintos
Brilho: moderado
Cheiro e gosto: indistinto

Processamento:

Comportamento durante a secagem
Velocidade: muito rápida em estufa
Defeito: tendência moderada a encanoamento forte e a torcimento médio.

Trabalhabilidade:

Teste Plaina Torno Broca
Processamento Fácil Regular Regular
Acabamento Regular Bom Bom

Preservação:
Facilidade: Alburno fácil de preservar com creosoto e com CCA-A, ainda que sob pressão. Cerne difícil de preservar com CCA-A, ainda que sob pressão.

Usos indicados: Construção civil, móveis, artigos domésticos decorativos, torneados, lâminas e outros.

Neuvoo Anuncie RM