Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Cuiarana

Cuiarana Nome Científico:
Buchenavia huberi Ducke, Combretaceae.

Outros nomes e Espécies Afins:
Na região Amazônica, as diferentes espécies do gênero Buchenavia são indistintamente denominadas de Cuiarana ou Tanibuca. Menos comuns são os nomes Mirindiba e Periquiteira.

Descrição da Árvore:
Árvore que atinge altura comercial média de 15 m diâmetro de 60cm. Seu tronco é reto e cilíndrico, de casca espessa e em placas. Apresenta sapopemas de até 4m.

Características da Madeira:
O cerne é de cor castanho-claro a escuro, pouco distinto do alburno. Possui anéis de crescimento distintos e irregulares; grã direita, textura média a fina, brilho fraco.

Região de Ocorrência:
O gênero Buchenavia ocorre na América Central e do norte da América do Sul até o estado de Santa Catarina. Buchenavia huberi tem sua distribuição em toda região Amazônica.

Propriedades Físico-Mecânicas:
Madeira pesada, de resistência mecânica alta e retratibilidade média. A durabilidade natural é reportada como média.

Massa específica g/cm3 kg/m3
Aparente(15% de umidade) 0,79 790
Básica 0,64 640
Retração Total Radial Tangencial Volumétrica
(%) 6,0 9,1 14,7
Índice tangencial/radial = 1,52
Resistência Mecânica (kgf/cm2) Madeira Verde A 15% de umidade
Compressão axial 538 853
Flexão estática 1.035 1.580
Tração normal 59 -


Comportamento Durante a Secagem:
A secagem ao ar é rápida, porém apresenta defeitos como encanoamento moderado e forte endurecimento superficial. Recomenda-se secar lentamente para minimizar a ocorrência de defeitos.

Trabalhabilidade:
Considerada de dificil trabalhabilidade, em virtude das dificuldades para serrar e aplainar.

Indicações de Uso:
Em construção civil como vigas, caibros, ripas, marcos ou batentes de portas e janelas, tacos e tábuas para assoalhos; dormentes, cruzetas, cabos de ferramentas, embalagens pesadas, etc.
Neuvoo Anuncie RM