Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Ipê-amarelo-cascudo

Ipê-amarelo-cascudo

Família: Bignoniaceae.

Sinonímias: Tabebuia ochracea (Cham.) Standl.

Nomes populares: Ipê-amarelo-do-campo, ipê-do-campo, ipê-macaco, ipêpardo, piúva, piúva-do-cerrado.

Características gerais: Cerne/alburno distintos pela cor. Cerne oliváceo; ou amarronzado. Sem alteração de cor por foto-oxidação. Limites dos anéis de crescimento distintos. Individualizados por zonas fibrosas tangencias mais escuras. Madeira com brilho nas superfícies longitudinais. Com cheiro perceptível. Agradável; ou característico. Dura ao corte transversal manual. Grã entrecruzada ou revessa. Textura fina. Figura presente. Em faixas causadas pelo ângulo de corte ou pela grã.

Vasos/poros: Presentes. Visíveis apenas com lente de 10x. Diâmetro pequeno (menores que 100μm). De distribuição difusa. Frequência alta (mais de 30 vasos por 2mm2). Predominantemente solitários (mais que 2/3). Dispostos em padrão não definido. De formato circular a oval. Placas de perfuração não observadas mesmo com lente de 10x. Maioria dos vasos obstruídos. Por substância de cor amarelada.

Parênquima axial: Observado. Apenas com auxílio de lente de 10x. Paratraqueal. Paratraqueal vasicêntrico; ou aliforme linear de extensão curta; ou confluente em trechos curtos oblíquos; ou confluente em trechos longos tendendo a formar faixas.

Raios: Observados. Apenas com lente de 10x nas duas superfícies. Pouco contrastados na superfície radial. Finos (menor que 100μm de largura). Baixos (menor do que 1mm de altura). Pouco frequentes (de 5 a 10 raios por mm).

Estruturas estratificadas: Presentes. Irregulares. 4 listras por mm axial.

Estruturas secretoras: Não observadas.

Variantes cambiais: Não observadas.

Testes químicos e físicos: Teste de cromazurol negativo. Teste de fluorescência negativo. Massa específica básica pesada (maior que 0,72g/cm3).

Distribuição geográfica: Região norte; ou região nordeste; ou região centro-oeste; ou região sudeste; ou região sul.

Domínio fitogeográfico: Caatinga; ou Cerrado; ou Mata Atlântica.

Status de conservação: Não incluída na lista oficial das espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção. Não incluída nos anexos da CITES.

Dados sobre comercialização e uso: Não incluída na lista das 100 espécies nativas mais comercializadas no Brasil em 2008. Não incluída na lista das 100 espécies nativas mais comercializadas no Brasil em 2009.

Outras observações: As espécies deste gênero são de difícil distinção, tendo um grande volume de madeira comercializado apenas em nível genérico.

Anuncie RM Neuvoo