Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Paineira-do-Cerrado

Paineira-do-Cerrado

Região de Ocorrência: AM, MT, MS, GO, DF, TO, SP MG, BA, RJ, RN

DESCRIÇÃO ANATÔMICA MACROSCÓPICA

Características gerais: cerne e alburno pouco distintos pela cor; cerne esbranquiçado a rosado; anéis de crescimento distintos formados por zonas fibrosas tangenciais mais escuras; sem odor característico.
Parênquima axial: difuso em agregados.
Vasos: visíveis a olho nu; diâmetro grande; distribuição difusa; solitários e múltiplos; desobstruídos.
Raios: não estratificados.

CARACTERÍSTICAS PARÂMETROS ANATÔMICAS

FIBRAS
Comprimento (μm) 2052,9
Espessura da parede (μm) 9,1
Largura (μm) 26,4
Diâmetro do lume (μm) 8,1
VASOS
Diâmetro (μm) 95,7
Frequência (n°/mm²) 2,6
Área ocupada (%) 21,2
ENERGÉTICAS
Carbono fixo (%) 18,0
Materiais voláteis (%) 81,5
Cinzas (%) 0,3

CARACTERÍSTICAS TECNOLÓGICAS
Madeira de densidade aparente média de 0,91 g/ cm³, com variação de 0,69 a 1,09 g/cm³ no sentido
medula-casca.

Neuvoo Gell Anuncie RM