Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Cerejeira

Cerejeira Nome científico
Amburana cearensis(Fr.All.) A.C.Smith

Família
Leguminosaea Papilionoideae

Nomes comerciais
BRASIL: Cerejeira-rajada, amburana, cumaru-do-ceará, cumaré, cumaru-das-caatingas, imburana-de-cheiro, umburana, amburana-de-cheiro, imburana e cumaru-de-cheiro.

Origem
Nordeste do país da caatinga (ES) e (MG) na floresta pluvial do vale do Rio Doce e nos afloramento calcários e matas decíduas dos estados de (MG), (GO), (TO), (MS), (MG) e (SP).Já no sudoeste da floresta amazônica(RO, AC e AM) ocorre a espécie Amburana acreana (Ducke) A. C. Smith com características muito semelhantes a essa espécie.

Madeira
Moderadamente pesada( densidade 0.60 g/cm3 ), tronco marrom-avermelhado e o seu corte macio.

Características gerais
Grã direta a irregular e com cheiro de cumarina.

Características morfológicas
Altura de 4-10 m na caatinaga e 10-20 m na mata pluvial e caducifólia, com tronco de 40-80 cm de diâmetro.Folhas compostas, de 10-15 cm de comprimento; folíolos em números de 11-15, com 1-2 cm de comprimento.

Trabalhabilidade
É muito boa de se trabalhar.

Durabilidade
Moderadamente durável quando exposta às intempérias.

Usos
A madeira é empregada para mobiliário fino, folhas faqueados decorativos, tanoaria, escultura, lambris, balcões e marcenaria em geral.
Anuncie RM Neuvoo