Voltar

Madeiras brasileiras e exóticas

Acariquara

Acariquara Nome Científico:
Minquartia guianensis Aubl., Olacaceae.

Outros nomes e Espécies Afins:
Na sua região da procedência (Amazonas, Pará e Amapá) é conhecida também como Acariorana, Acariúva e Acari. No exterior é conhecida por Manwood. Outra espécie do mesmo gênero, M. punctata, é conhecida no alto Amazonas como Acapu, denominação que não é correta.

Descrição da Árvore:
Pode ser considerada uma árvore de porte grande, sendo seu tronco irregularmente cavado, suas folhas contém látex. Já foi observada na mata uma frequência de 13 a 19 árvores por hectare, correspondendo a um volume médio de 1,3 m3/ha.

Características da Madeira:
O cerne apresenta coloração de pardo-claro a castanho, com superfície lisa, grã irregular e textura de fina a média. Alburno estreito, com tonalidade amarelada, A madeira é muito dura, sem cheiro ou gosto distintos.

Região de Ocorrência:
E comumente encontrada em solos úmidos de mata alta, nos Estados do Pará e Amazonas, bem como no Estado do Amapá, abrangendo também as Guianas, Equador e Nicarágua.

Propriedades Físico-Mecânicas:
A madeira de Acariquara é pesada e com alta resistência mecânica, mas também apresenta alta retratibilidade. Sua durabilidade natural é elevada.

Massa específica g/cm3 kg/m3
Aparente(15% de umidade) 1,04 1,040
Básica 0,84 840
Retração Total Radial Tangencial Volumétrica
(%) 5,8 9,0 15,9
Índice tangencial/radial = 1,55
Resistência Mecânica (kgf/cm2) Madeira Verde A 15% de umidade
Compressão axial 646 795
Flexão estática 1.248 1.600
Tração normal 77 -


Comportamento Durante a Secagem:
Os poros são obstruídos por tilas e óleo-resina, tornando a madeira impermeável e que provavelmente dificultará a sua secagem.

Trabalhabilidade:
A literatura revela que é um tipo de madeira muito difícil de ser serrada e trabalhada.

Indicações de Uso:
A indicação para confecção de postes, mourões, estacas e trapiches vem da sua resistência natural, associada às características físico-mecânicas.
Anuncie RM Neuvoo