Voltar

Madeiras paraguaias e exóticas

Taperyva guasu

Nome Científico:
Sweetia fruticosa – Sprengel

Família:
Leguminosae

Origem:
Nativa

Características Silviculturais da Espécie:
Habita as colinas de solos arenosos e profundos. Forma parte do estrato superior, sendo uma das espécies mais altas das florestas da Região Oriental.

Distribuição fitogeográfica:
Serra de San Joaquín, cordillera de Amambay e divisória das margens Paragua e Paraná.

Dados fenotípicos e da Madeira

Características Fenotípicas:
Forma de copa: Plana
Forma do Fuste: Cilíndrica
Dimensão: Largo

Características organolépticas:
Cor: verde amarelado brilhante
Peso específico (gr/cm3): 0.95

Durabilidade:
A madeira escurece no contato com o ar. É dura, forte e pesada. Tem muita durabilidade em contato com a terra ou a umidade, devido a seu alto conteúdo de tanino.

Usos:
Utiliza-se esta valiosa madeira para móveis, revestimentos, parquet. É muito cotada no Brasil.

Fonte: Facultad de Ciencias Agrarias de la Universidad Nacional de Asunción
Anuncie RM Neuvoo Gell