Voltar

Madeiras paraguaias e exóticas

Inga guasu

Nome Científico:
Inga uruguensis - Hook. & Arn.

Família:
Leguminosae

Origem:
Nativa

Dados relacionados a sementes:

Época de Floração:
Março - abril e setembro - outubro

Época de Frutificação:
Maio - junho e novembro - dezembro

Características Silviculturais da Espécie:
Encontra-se no estrato dominante nos florestas em galeria e nos florestas ribeirinhos ao largo dos rios, arroios e estancamento das florestas baixas e úmidas dos campos naturais. Existe também em floresta alto.

Distribuição fitogeográfica:
No Paraguai: Margenss do Paraná e Paraquai.

Dados fenotípicos e da Madeira

Características Fenotípicas:
Forma de copa: Redonda
Densidade: Densa
Forma do Fuste: Reto
Dimensão: Largo

Características organolépticas:
Cor: vermelhado - marrom
Odor: indistinto
Peso específico (gr/cm3): 0.7
Trabalhabilidade: Boa

Durabilidade:
Baixo terra: Baixa
Não é suscetível ao ataque de fungos que deixam manchas.

Usos:
Possíveis aplicações em trabalhos que requeram madeiras vistosas, como móveis, embalagens, tábuas, construção civil, móveis rústicos, lenha e carvão. Espécie forrageira. Fruto comestível. Em outros países se utilizam para sombra em plantações de café. Também tem aplicações agroflorestai no Paraquai, especialmente no enriquecimento do solo.

Fonte: Facultad de Ciencias Agrarias de la Universidad Nacional de Asunción
Neuvoo Anuncie RM Gell