Voltar

Madeiras paraguaias e exóticas

Cedro

Nome Científico:
Cedrela fissilis Veli., Meliaceae.

Outros nomes e Espécies Afins:
Cedro-branco, Cedro-rosa, Cedro-vermelho, Cedro-batata, Cedro-roxo. O gênero Cedrela, no Brasil, representado por três principais espécies: C. odorata, C. angustifotia e C. fissilis. As suas madeiras, semelhantes quanto ao aspecto e estrutura anatômica, são indistintamente conhecidas em todo o país simplesmente por Cedro; e, dependendo da intensidade da sua cor castanha, por Cedro-rosa e Cedro-vermelho.

Descrição da Árvore:
Árvore desde pequenas (10 m de altura por 40 a 50 cm de diâmetro) até grandes, com 30 m de altura e 130 cm de diâmetro. Seu tronco cilíndrico, longo e pouco tortuoso. Possui casca de cor castanho-grisácea com grandes fissuras longitudinais, profundas, bem características.

Características da Madeira:
Cerne variando do bege-rosado-escuro até o castanho-avermelhado e alburno branco e rosado; superfície lustrosa, com reflexos dourados; cheiro característico, agradável; gosto ligeiramente amargo; textura grosseira; grã direita ou pouco ondulada.

Região de Ocorrência:
Matas do interior desde o estado de Minas Gerais até o Rio Grande do Sul. Tem preferência por solos úmidos, nos fundos dos vales ao longo dos rios e em baixadas. C. odorata predomina na região Amazônica, enquanto que C. angusti folia predomina na mata Atlântica, O gênero Cedrela ocorre desde o México até a Argentina.

Propriedades Físico-Mecânicas:
Possui retratibilidade linear e volumétrica baixa, propriedades mecânicas entre baixa e média e classifica-se entre as madeiras médias quanto é densidade. A resistência natural contra fungos e insetos é pequena.

Comportamento Durante a Secagem:
É de fácil secagem em estufa, não ocorrendo empenamentos e rachaduras. A secagem ao ar é rápida e a ocorrência de defeitos é pequena.

Trabalhabilidade:
De fácil trabalhabilidade, tanto com instrumentos manuais ou mecânicos. O aplainamento produz uma superficie lisa e uniforme. Apresenta boa retenção de pregos e parafusos, como também excelente absorção de pigmentos e polimento.

Indicações de Uso:
Indicada para móveis finos, folhas faqueadas decorativas, molduras para quadros, artigos de escritório, instrumentos musicais, etc. Em construção interna (venezianas, rodapés, guarnições, forros, lambris, etc), e em construção naval, como acabamento interno decorativo e casco de embarcações leves.

Fonte: Facultad de Ciencias Agrarias de la Universidad Nacional de Asunción

Anuncie RM Neuvoo Gell