Glossário

Glossário: V

+ Vale
Depressão topográfica alongada, aberta, inclinada em uma determinada direção em toda a sua extensão. Pode ser ou não ocupada por água. Os vales podem ser dos tipos: fluvial, glacial, suspenso e de falha
+ Valor agregado
diferença entre o valor de produção de uma mercadoria e o custo total das matérias-primas e serviços adquiridos para sua fabricação;valor adicionado.
+ Valor Original das Florestas

Importância efetivamente aplicada, em cada ano, na elaboração do projeto técnico, no preparo de terras, na aquisição de sementes, no plantio, na proteção, na vigilância, na administração de viveiros e flores e na abertura e conservação de caminhos de serviços.

+ Valor presente líquido (VPL):
consiste em trazer para o ano zero do projeto todos os valores constantes no seu fluxo de caixa e subtrair as receitas dos custos, numa determinada taxa de juros.
+ Valor real
o que foi corrigido para eliminar o efeito da inflação.
+ Valor venal
valor estimado da venda de um imóvel ou de um bem.
+ Valoração Ambiental
Atribuição de valores monetários aos ativos ambientais, às mudanças ocorridas nos mesmos e aos efeitos dessas mudanças no bem-estar humano
+ Vanga
instrumento semelhante a uma pá, de menores dimensões, largo e chato, de madeira ou de metal, ferro ou aço, com rebordos laterais e provido de um cabo reto ou em forma de Y, muito utilizado em atividades agrícolas e florestais como cavar o solo, remover terra, areia, carvão etc. Normalmente, têm a frente reta (vanga quadrada) ou com uma ponta(vanga de bico) para melhor se adaptar ao uso.
+ Vaporizado
Sistema usado no cozimento das toras com finalidade de modificar a tonalidade natural da lamina.
+ Vara
ramos e galhos proveniente da touça.
+ Variabilidade genética
quantidade da variação genética existente para uma determinada espécie.
+ Variação dimensional
Alteração nas dimensões do papel detectada em alguma fase do beneficiamento, ocasionando registro irregular entre as cores na impressão.
+ Variáveis dendrométricas
Características das árvores ou dos povoamentos florestais que são medidas nas parcelas de amostragem.
+ Variedade
subdivisão de indivíduos da mesma espécie que ocorrem numa localidade, segundo suas formas típicas diferenciadas por um ou mais caracteres de menor importância.
+ Varredura
Resíduo sólido recolhido pela varrição e pela conservação, inclusive o material depositado por traseuntes nos cestinhos e recipientes instalados para esse fim. É constituído por ciscos, detrito, terra, excremento de animais e outros (ABNT)
+ Várzea
planície cultivada em vales, podendo sofrer inundações em período de cheias.
+ Vasa
espécie de lama, fina e inconsistente, característica de certos fundos oceânicos, constituída por carapaças microscópicas de animais ou de diatomáceas ou elementos minerais.
+ Vaso
Conjunto de células perfuradas nas extremidades, chamadas de elementos de vaso, com a função de condução de líquidos nos vegetais, característico das angiospermas. Os vasos formam um sistema especializado em condução, mais eficiente que os traqueídeos.
+ Vassoura de bruxa
doença causada por um fungo que provoca superbrotamento das partes terminais do cacaueiro.
+ Vegetação
conjunto de vegetais que ocupam uma determinada área.
+ Vegetação espontânea
conjunto de espécies vegetais que se reproduzem determinada zona sem a intervenção do homem.
+ Vegetação primária
vegetação de máxima expressão local e de grande diversidade biológica, sendo pouco significativos os efeitos das atividades humanas nas características originais de estrutura e de espécies.
+ Vegetação Relíquia
Comunidade que persiste em situações especialíssimas em altitudes acima de 1800 m.
+ Vegetação secundária
vegetação resultante de processos naturais de sucessão, após a supressão total ou parcial da vegetação primária por ações do homem ou naturais.
+ Vegetal
seres vivos que formam a cobertura verde da terra e a massa fotossintetizadora dos oceanos e possuem pigmentos sintetizadores ou celulose.
+ Veia
nervuras ramificadas em plantas.
+ Veio
1) Depósito mineral tabuliforme, de origem hidrotermal, que preenche as fendas de uma rocha denominada encaixante. 2) Secção longitudinal de uma camada de crescimento de um vegetal, podendo ser espinhado (em forma de V), ondulado (com contornos flexuosos) ou retos (em desenvolvimento retilíneo)
+ Veneno
designação genérica de uma substância tóxica extraída de plantas, animais ou desenvolvida no próprio organismo, que ministrada por qualquer via, causa morte, lesão orgânica ou distúrbio funcional, em virtude da ação química que exerce sobre o organismo.
+ Veneziana
Esquadrias constituídas por réguas paralelas e inclinadas que possibilitam a ventilação permanente de compartimentos, sem lhes devassar o interior e sem permitir a entrada de água de chuva.
+ Ventada
Conjunção de vento com outras trincas radiais convergentes, no topo da peça de madeira.
+ Vento
Falhas descontínuas inerentes a própria madeira e que se caracterizam por separações entre as fibras que ocorem na própria árvore.
+ Ventos alísios
vento persistente que sopra durante todo ano nas regiões tropicais, sobretudo na atmosfera inferior, sobre extensas regiões, a partir de um anticiclone subtropical na direção das regiões equatoriais.Os ventos alísios predominantes são os de nordeste, no hemisfério norte,e os de sudeste, no hemisfério sul.
+ Ventosa
Ferramenta de sujeição e aperto que consiste de um arco temperado com ação de mola, a fim de exercer pressão entre as extremidades a serem abertas e onde se interpõem as peças a sujeitar.
+ VEP (Valor para Escoamento do Produto)
mecanismos utilizados pelo governo federal para que o comprador tenha acesso ao produto a preços viáveis.
+ Veranico
sucessão de dias mais quentes após os primeiros dias invernais, também é assim denominado o período de estiagem durante a estação chuvosa, com dias de intenso calor e insolação.
+ Vereda
região mais abundante em água na zona da caatinga, entre as montanhas e os vales dos rios, onde a vegetação é um misto de agreste e caatinga.
+ Vermiculita
substrato mineral composto de silicato de alumínio expandido com tratamento a altas temperaturas.
+ Vernalização
tratamento em que é utilizada a baixa temperatura para condicionar o florescimento de algumas espécies ou estimular a germinação de sementes.
+ Verniz
Produto incolor pigmentado ou tingido que se destina a dar o acabamento final do móvel. Pode ser fosco ou brilhante.
+ Verruma
Ferramenta de aço composta de uma haste cilíndrica, terminando em rosca cônica, de forma helicoidal e com uma espiga quadrangular na extremidade oposta. Serve para abrir furos com diâmetros pequenos.
+ Vertedouro
barreira contínua sobre a qual cai a água ou qualquer substância líquida.
+ Vertente
Forma tridimensional que foi modelada pelos processos de denudação, atuantes no presente e no passado, e representando a conexão dinâmica entre o interflúvio e o fundo do vale. No sentido amplo, vertente significa superfície inclinada ou declive de montanha por onde derivam as águas pluviais. sem apresentar qualquer conotação genética ou locacional
+ Vertex
tipo de hipsômetro, que possibilita a medição da altura das árvores sem escalas de distâncias horizontais fixas e permite o cálculo direto de distâncias corrigidas. Os vertexes mais modernos permitem a obtenção dos dados em formato digital.
+ Vespa
designação comum aos insetos himenópteros providos de ferrão na extremidade do abdome, com patas posteriores não achatadas e cujas larvas são parasitas de outros insetos. São reunidos em famílias que contêm espécies com aspecto geral de marimbondos.
+ Vida Silvestre
Todos os mamíferos, aves, répteis e anfíbios não domésticos que vivem em seu ambiente natural.
+ Vida Útil
Período de tempo em que a madeira in natura pode permanecer em serviços, observadas as normas de utilização.
+ Videira
planta em que nascem as uvas.
+ Viga
Peça de madeira de grandes dimensões usada em estruturas.
+ Vigor
característica genética, que pode ser modificada fenotipicamentee que revela a capacidade de um organismo gerar produtos mais rapidamente e suportar significativas interferências do meio ambiente.
+ Visada
termo empregado para designar a visualização de um ponto e a respectiva leitura através de um instrumento dendrométrico.
+ Viscosidade
resistência interna que as partículas de uma substância oferecem ao escorregamento de uma sobre as outras.
+ Vista
Superfície das partes externas de móvel, apoiada diretamente sobre a estrutura.
+ Viveiro florestal
espaço devidamente gerido e utilizado, de forma temporária ou permanente, para a produção de mudas de plantas destinadas à formação de florestas ou reflorestamento.
+ Voçoroca
tipo de erosão na qual se verifica a formação de grandes valas abertas no solo, em virtude do escoamento superficial ou subsuperficial da água.
+ Volume
A quantidade de madeira de uma árvore ou maciço, de acordo com uma unidade de medida ou algum uso padrão, como madeira para polpa, madeira para serra, etc.
+ Volume aproveitável
Valor correspondente à soma dos volumes com casca dos toros de madeira de diâmetro superior a 20 cm obteníveis dos troncos de uma determinada espécie de árvore florestal, para uma dada unidade territorial. Valor calculado considerando apenas as árvores com DAP superior a 22,5 cm e um diâmetro de desponta de 20 cm. (unidades: m3; m3/ha).
+ Volume em crescimento
Growing stock) - Corresponde à componente viva do volume existente. (unidades: m3; m3/ha).
+ Volume específico (Bulk ou Corpo)
É o volume de um grama de papel em centímetros cúbicos, sendo o valor inverso ao da densidade.
+ Volume existente
Standing volume) - Valor correspondente à soma dos volumes de todas as árvores florestais, vivas e mortas, da mesma espécie, para uma dada unidade territorial. Inclui: todas as árvores existentes em povoamento; florestal; todas as árvores com DAP maior que zero : volume da casca das árvores; volume das flechas. Exclui: volume de ramos pequenos ou grandes, folhagem, parte subterrânea das árvores; árvores derrubadas (unidades: m3; m3/ha).
+ Volume individual
volume total de determinada árvore.
+ Volume por hectare
volume médio de material lenhoso existente por hectare.
+ Volume principal
volume total de material lenhoso retirado no corte final.
+ Volume secundário
volume de material lenhoso retirado em desbaste se cortes secundários.
+ Volume total
volume total de material lenhoso existente em um povoamento,parcela ou talhão.
+ Vulcão
1) Abertura na crosta terrestre, que dá saída a material magmático - lavas, cinzas e gases. 2) Forma ou estrutura produzida pela matéria expelida. A saída do material magmático dá-se por um conduto - chaminé - cujo término superior tem, freqüentemente, a forma de um funil - cratera -e pode ser ou não guarnecido por um cone vulcânico
Neuvoo Anuncie RM