MENU
Apicultura
Artigo
Caractersticas
Carvo Vegetal
Celulose
Construo Civil
Editorial
Espcies
Eucalipto
Eucaliptocultura
Gesto
Madeira Serrada
Manejo
Meio Ambiente
Mveis
Ns
Nmeros
leos Essenciais
Origens
Pesquisa
Postes
Preservao
Qualidade
Retratibilidade
Secagem
Tratos Silviculturais
Uso Mltiplo
Valorizao
E mais...
Anunciantes
 
 
 

REVISTA DA MADEIRA - EDIÇÃO N°59 - SETEMBRO DE 2001

Editorial

A Madeira do Futuro

Devido imperiosa necessidade nacional de matria-prima, no se encontrou, entre as inmeras espcies nativas e algumas exticas, qualquer outra que ocorresse com o eucalipto, pela perfeita adequao fisico-qumica da madeira para os fins industriais, o rpido crescimento, a elevada produo de sementes, a resistncia s pragas e doenas, a facilidade de tratos silviculturais e a grande plasticidade do gnero.

Para o caso especfico do Brasil, o eucalipto possui um carter estratgico, uma vez que a sua madeira responsvel pelo abastecimento da maior parte do setor industrial de base florestal. Basta citar alguns nmeros para se avaliar quo importante a sua participao na economia nacional. Da madeira de eucalipto, atualmente, se produzem, por ano, no setor de celulose, 5,4 milhes de toneladas de celulose, representando mais de 70,0% da produo nacional; nmero tambm impressionante o setor de carvo vegetal, com uma produo anual de 18,8 milhes de metros cbicos, representando mais de 70,0% da produo nacional; outro setor importante o de chapa de fibra, com uma produo anual de 558 mil metros cbicos, representando 100.0% da produo nacional; o setor de chapas de fibra aglomerada produz 500 mil metros cbicos, representando quase 30,0% da produo nacional.

J no se discute a importncia do gnero e definitivamente est consagrado como fornecedor de matria-prima para diversos fins industriais. O eucalipto se apresenta como alternativa real para atender diversas demandas da sociedade quanto ao consumo de produtos florestais, exigindo, porm, o aprofundamento das questes relacionadas sua sustentabilidade.