MENU
Amaznia
Bioenergia
Editorial
Elmia
Esquadrias
Ferramentas
Logstica
Mrito Exportao
Mveis & Tecnologia
Pisos
Qualidade
Recursos Humanos
Reflorestamento
Tecnologia
E mais...
Anunciantes
 
 
 

REVISTA DA MADEIRA - EDIÇÃO N°91 - AGOSTO DE 2005

Ferramentas

O uso do metal duro na indstria da madeira

Ao decidir pelo uso de ferramentas de metal duro na atividade madeireira preciso conhecer o uso adequado destes equipamentos e quais os fatores que se devem levar em conta para um melhor aproveitamento da madeira na operao.

Metal duro um produto que se obtm atravs de uma tcnica chamada de metalurgia do p, que consiste em obter peas metlicas a partir de ps. Este composto prensado para dar a forma desejada e depois inserido em fornos a uma temperatura muito precisa. A essa temperatura os elementos no se fundem, ocorrendo raramente a semi-fuso de alguns deles, mas o material se densifica e atinge a dureza desejada.

conhecido no mercado como Widia, mas na realidade esta a marca de uma empresa alem que foi a primeira que desenvolveu o produto. Diante da surpresa da dureza obtida deram esse nome que significa similar ao diamante.

A composio dos ps e a sua preparao que define a qualidade do produto, aps passar por um processo de triturao e mistura que pode durar at quatro dias.

Para cada uso ou aplicao h uma classe de metal duro que seja mais adequada para o fim especfico. Existe uma velha idia equivocada de que o melhor metal duro o mais duro. uma concepo errada, na sua utilizao provvel que a ferramenta se parta antes de us-la.

O metal duro um material frgil e que aumenta sua fragilidade na medida que aumenta sua dureza. Tambm preciso considerar que quanto mais rgido for o metal duro, mais difcil de conseguir-se um bom fio, j que se tem que fazer um fio com ngulo maior para evitar as micro rupturas. Isto pode afetar o bom acabamento da madeira.

Por isso, com o metal duro sempre necessrio encontrar solues de compromisso, encontrando-se para cada aplicao o melhor equilbrio entre dureza e tenacidade, sendo por isso to importante a seleo da classe adequada.

As qualidades de micro-gros so as primeiras classes desenvolvidas especificamente para a indstria da madeira, j que as classes utilizadas at agora eram aplicaes na madeira de classes desenvolvidas para mecanizar metais. No micro-gro se consegue maior dureza sem perda de tenacidade. Neste caso, a soluo de compromisso passa pelo preo, j que metal duro micro-gro mais caro.

Com certeza no futuro vo aparecer qualidades mais duras, na Europa j existe o HDF, para tentar competir com o diamante.

Classificao

Existe uma norma ISO (Europia) com muitos defeitos, que definem as classes de metal duro por seu uso e no por sua composio. A aparecem as classes K30, K20, K10 e K01, que so utilizadas na indstria da madeira. Na realidade cada fabricante desenvolve suas prprias classes, considerando determinadas composies para sua fabricao, determinadas especificaes a cumprir nas anlises de laboratrio e uma denominao particular.

Nestas definies particulares depende de boa parte da tecnologia de cada fabricante. Isto cobre uma deficincia da norma, mas tambm cria uma grande confuso, j que deve ter em torno de 100 fabricantes no mundo e cada um deles com sua prpria nomenclatura. Assim muitas vezes pensamos que estamos comprando classes parecidas e na verdade, Umas no tem nada a ver com outras. Em muitas destas classes particulares se respeita o nmero que acompanha ao K e que d a idia da dureza do metal duro.

Este quadro no definitivo, porm permite uma idia, e deve ser permanentemente atualizado por vrios motivos. Por um lado o aparecimento de novos materiais para cortar, e por outro o aparecimento de novas classes de metal duro. Hoje temos esta classificao, mas s vamos poder troc-la conforme a informao de nossos clientes, j que quem pode avaliar as ferramentas so seus usurios com a utilizao das classes distintas.