MENU
Adesivos
Biodiesel
Design
Economia
Editorial
Espcie-Accia
Eucalipto
Fimma-Brasil
Marketing
Mercado-Portugal
Painis
Pinus
Pisos
Preservao
Reflorestamento
Secagem
E mais...
Anunciantes
 
 
 

REVISTA DA MADEIRA - EDIÇÃO N°89 - ABRIL DE 2005

Adesivos

Controle da qualidade na colagem de painis de madeira

A necessidade de melhorar o aproveitamento da madeira e a produtividade das empresas levou as indstrias de produtos de madeira a maximizar a utilizao da matria-prima atravs do aperfeioamento das tcnicas de colagem.

Preparao da superfcie:

A superfcie de madeira a ser colada deve estar adequadamente preparada para assim obter um painel de boa qualidade.

Na busca desta qualidade deve-se: atentar para que as superfcies se encaixem o mais perfeitamente possvel; evitar a utilizao de madeiras com defeitos de secagem como empenamentos, peas tortas, etc.; observar sempre a qualidade e manunteno das ferramentas de corte, pois se a ferramenta de corte estiver desgastada pode provocar o esmagamento das fibras e logo, prejudicar a penetrao e adeso do adesivo; evitar o acmulo de serragem e sujeiras nas superfcies a serem coladas.

O adesivo

Os adesivos so produtos de diferentes bases qumicas (fenlicas UF/RF, poliacetato de vinila PVA, etileno vinil acetato EVA, entre outros) mas que em comum tem o objetivo de unir ou colar duas peas de madeira ou de outros substratos.

A colagem de dois substratos parece ser um processo simples mas que exige muito ateno e cuidado no s com o adesivo mas principalmente com a matria-prima madeira, que nunca apresentar as mesmas condies de propriedades fsicas, qumicas e mecnicas.

Um dos primeiros passos para o sucesso de uma colagem de painis de madeira conhecer a exigncia em qualidade do produto final de madeira, ou seja, qual ser a utlizao final do painel colado lateralmente, por exemplo: ser uma almofada de porta para a rea da piscina?ser um criado-mudo para dormitrio?, com base nessa informao se far a escolha do adesivo mais adequado.

Como se sabe o adesivo um produto qumico, e como tal algumas propriedades fsicas devem ser consideradas como viscosidade, valor de pH, teor de slidos, temperatura mnima de formao de filme, presena de solventes, de plastificantes, de extensores, etc., caractersticas essas que iro influenciar na resistncia da adeso, no tempo em aberto, no tempo de prensagem, no tempo de cura ou secagem, ou seja, no processo de colagem e na qualidade final requerida.

Processo de colagem

Alm das propriedades qumicas e fsicas do adesivo, cuidados com o processo de aplicao so fundamentais para a produo de painis de madeira. As principais fontes de variao e de controle da qualidade em um processo de colagem so:

a quantidade de adesivo: buscar sempre uma distribuio uniforme do adesivo e em quantidade adequadas para que no falte ou exceda; recomenda-se para painis colados lateralmente que a gramatura fique na faixa de 140-180g/m;

o tempo: monitorar o tempo desde a aplicao do adesivo / montagem at a prensagem para que no ultrapasse o tempo recomendado pelo fabricante; cada adesivo apresenta uma especificao de tempo em aberto;

a presso: proporciona o contato entre as peas a serem coladas, um fator que influencia diretamente na qualidade da colagem, pois sem a presso correta no haver uma boa unio entre as peas; depende de inmeras variveis como densidade da madeira, dimenses das peas, etc.;

a prensagem: a utilizao de mquinas de prensagem como prensas carrossis, prensas quentes e prensa alta frequncia so tecnologias que bem utilizadas garantem a produtividade de uma empresa e o aproveitamento da madeira; cada mquina apresenta suas caractersticas, porm a qualidade do equipamento depende dos cuidados com a manunteno e uso.

Muitas outras caractersticas de processo devem ser observados como a qualidade da madeira (presena de ns resinados), a qualidade do rolo aplicador, a distribuio das linhas de adesivo, a controle das temperaturas ao longo dos pratos (prensa quente), dos manmetros, entre outras inmeras variveis que no dia-a-dia com a produo de painis de madeira devem tornar-se um controle saudvel da qualidade.

Resultado final

Aps a colagem, o painel de madeira colado segue o fluxo de manufatura, entretanto reaes com a umidade e temperatura do ambiente no deixaro de agir sobre o painel colado, assim deve-se minizar os efeitos destas sobre a linha de cola, evitando a exposio a alta umidade, a radiao solar, a organismos deterioradores de madeira.

A colagem de painis de madeira deve ser encarada como uma arte e no como uma cincia, pois a quantidade de variveis que influenciam nesse processo so determinantes do sucesso ou fracasso deste sistema produtivo. O fracasso por vezes a soma de muitas variveis ao longo do processo enquanto que o sucesso o resultado das operaes de monitoramento e controle da qualidade.

Merielen Lopes

Alvaro Garcia

National Starch & Chemical

www.nationalstarch.com