MENU
Classificao
Conjuntura
Construo
Construo
Densidade
Desdobro
Doenas
Ecossistema
Editorial
Espcies
Incndios
Manejo
Melhoramento gentico
Mercado
Mercado - Brasil
Monitoramento
Nutrio
Nutrientes
Painis
Postes
Pragas
Pragas
Preservao
Produo
Propriedades
Propriedades
Resduos
Resduos
Resinas
Secagem
Silvicultura
Transporte
Viveiro florestal
Anunciantes
 
 
 

REVISTA DA MADEIRA - EDIÇÃO N°83 - AGOSTO DE 2004

Desdobro

Otimizao no desdobro de toras de pinus

A indstria de madeira serrada de espcies do gnero Pinus alcanou, ao longo das ltimas dcadas, um nvel de desenvolvimento e de comprometimento com outras indstrias de base florestal, onde cada vez mais se busca eficincia na qualidade dos produtos e racionalizao na utilizao da matria prima.

A madeira serrada de Pinus representa, hoje, a base de matria prima de muitas indstrias de beneficiamento, as quais necessitam de madeira serrada de boa qualidade, livre de defeitos e imperfeies que afetam a produtividade e os custos de produo, entre outros.

medida que as serrarias se especializam na busca de melhores produtos e maior rendimento, as indstrias de beneficiamento melhoram a qualidade e reduzem seus custos de produo.

uma caracterstica destas serrarias, a utilizao de toras de pequenos dimetros, raramente ultrapassando 30 cm. Toras de tais dimenses tendem a gerar um rendimento em madeira serrada inferior ao que era obtido com toras de madeiras nativas. Alm disso, a variabilidade diamtrica, muitas vezes, induz a um baixo aproveitamento das toras durante os processos de desdobro. Para reduzir estas perdas, vrias so as tcnicas e medidas aplicadas nas indstrias de madeira serrada. Dentre elas, a seleo das toras por classes diamtricas, a otimizao do traamento dos fustes e o descascamento das toras so tcnicas que no podem mais ser dispensadas, tendo em vista a escassez de matria prima. Porm, existem muitas outras alternativas que podem servir de ferramenta s serrarias para cada vez mais melhorarem suas performances.

Tendo em vista as dificuldades de colheita da madeira, o que muitas vezes implica na chegada de matria prima de regies diferentes, com diferentes idades e condies de crescimento especficas, faz parte do dia a dia das indstrias de madeira serrada, um ptio de toras contendo um mix de classes diamtricas. Associado a isto, em funo da flexibilidade destas indstrias em atenderem variados mercados, a gama de produtos serrados, muitas vezes, torna-se ampla.

Nestas condies, o administrador de uma serraria necessita constantemente associar seu estoque de matria prima s metas de produo requeridas pelo mercado. Tal situao implica que, na maioria das vezes, o administrador precisa decidir sobre uma melhor classe diamtrica para atender um pedido, dentro de uma boa produtividade, com o melhor rendimento possvel das toras.

usual em uma serraria, se estabelecer um diagrama de corte para uma determinada classe diamtrica e um determinado grupo de produtos, valendo-se dos conhecimentos tcnicos e prticos de pessoas envolvidas nas atividades de administrao e operao da serraria. Porm, tendo em vista as constantes alteraes de dimetros no ptio e as variaes nos pedidos, tais decises precisam ser tomadas rapidamente, o que acarreta um aproveitamento inadequado das toras, alm de algumas vezes afetar o processo de produo.

Visando facilitar e agilizar tais decises, a informtica tornou-se um forte aliado das serrarias na otimizao dos processos de desdobro de toras. Existem hoje no mundo, softwares que dentro de uma gama de produtos e classes diamtricas, definem a melhor maneira de se obter madeira serrada de uma tora em fraes de segundos. No Brasil, muitas alternativas j foram criadas e, apesar de algumas limitaes, j mostraram um grande avano tecnolgico.

Para tornar-se eficiente, um software precisa ser desenvolvido dentro de critrios especficos, levando em conta principalmente, as caractersticas da espcie a qual ele se destina. Visando atender a necessidade das indstrias que utilizam madeira de reflorestamento, foi desenvolvido um software chamado MaxiTora, o qual adaptado otimizao de toras com tais caractersticas. Desenvolvido por profissionais do setor florestal, este software um forte aliado da indstria de madeira serrada para o melhor aproveitamento da matria prima oriunda de reflorestamentos. Provido de variadas ferramentas, o mesmo permite aos profissionais da indstria de madeira serrada tomarem decises rpidas e eficientes na otimizao do desdobro de madeira reflorestada por classes diamtricas. Atravs dele, ao se adicionar um mix de produtos de uma serraria, possvel definir a melhor classe diamtrica para o melhor rendimento em madeira serrada. Da mesma maneira, atravs de uma determinada classe diamtrica, pode-se definir os produtos que podem ser obtidos com um melhor rendimento.

Depois de estabelecido um cadastro de produtos e definida a classe diamtrica, o programa calcula o melhor diagrama de corte atravs de modelos e algoritmos matemticos especficos. Rapidamente, o usurio visualiza na tela as peas e suas quantidades que sero obtidas de cada tora, dentro de uma classe diamtrica. Numa barra de rolagem, permitido ao usurio, alterar a classe diamtrica. Imediatamente definido e visualizado um novo diagrama para a nova classe selecionada. Atravs das opes exibir regio da medula e rea de ncleo nodoso, o usurio tem uma resposta sobre a probabilidade de ocorrncia de peas sem ns ou com medula.

Alm de otimizar o desdobro dentro de parmetros matemticos que definem o melhor rendimento, o programa MaxiTora permite ainda ao usurio program-lo num click para mais trs opes de otimizao. Atravs destas opes, o usurio poder otimizar o desdobro definindo dimenses de pranches, semi-blocos ou blocos. Deste modo, possvel uma melhor adaptao aos equipamentos e ao layout da serraria. Adicionalmente, o mesmo pode ser personalizado de modo a atender quaisquer situaes particulares diferentes das pr-determinadas, adaptando-se a necessidades especficas de cada serraria. Alm de todas estas e muitas outras opes, este software permite que o usurio possa calcular seus diagramas de corte otimizados, definindo as classes diamtricas com ou sem casca.

O que torna este software aplicvel s indstrias de madeira serrada de Pinus o fato de ser desenvolvido no Brasil, por equipe especializada em programao industrial, com auxlio de pesquisadores e professores ps-graduados nas reas florestal, industrial e matemtica aplicada, com ampla experincia no gerenciamento de problemas de otimizao.



Mrcio Pereira da Rocha*Professor Adjunto do Depto de Eng. E Tecnologia Florestal do Setor de Cincias Agrrias da UFPR mprocha@floresta.ufpr.br