MENU
Biomassa
Construo
Editorial
Espcies
Mquinas
Mveis & Tecnologia
Painis
Pinus
Preservantes
Secagem
Torres - Madeira
E mais...
Anunciantes
 
 
 

REVISTA DA MADEIRA - EDIÇÃO N°130 - FEVEREIRO DE 2012

Torres - Madeira

Energia elica sustentada por madeira

Ambos nasceram do sol: a madeira e a energia eólica. Don Quixote já havia encontrado esta dupla madeira + vento, e não havia ido demasiadamente bem.

No século XII os holandeses, ou melhor, os habitantes dos Países Baixos (não por seus integrantes, senão pelo nível do solo que pisaram), inventaram um país através de seus agora famosos pólderes.

Chegaram a existir 10.000 moinhos de vento na Holanda, e sobrevivem quase 1.000 deles.

Um pólder é um termo holandês que descreve as superfícies terrestres tiradas do mar. Esta técnica foi usada pela primeira vez no século XII, na região de Flandres.

Tais técnicas tem sido aplicadas em outros lugares do mundo.: Consiste em isolar por meio de diques espaços cobertos pelo mar. A secagem é feita por bombeamento para o mar do excesso de água da bacia, resultando artificialmente, onde os moinhos de vento estarão.

É aí novamente o vento e a madeira, construindo um país. Transformando resistência mecânica em força mecânica, mudando a direção do movimento, de linear a rotativos.

Agora no século XXI, a energia eólica reaparece com novas características. Parecia que a máquina a vapor (primeiro) levou as velas dos barcos e as bombas de sucção e ventiladores concluiram com moinhos de vento.

Em uma nova função a energia eólica se transforama em energia elétrica. Com os avanços do conhecimento e tecnologia, mudanças nos papéis sociais, e o que parecia velho renasceu.

O uso crescente de energia, aumentou a pressão sobre o meio ambiente e o desequilíbrio pela produção de CO2.


Madeira e o vento

Desde a revolução industrial cada vez que nos encontramos com estruturas de dimensões muito significativas, o aço, parace ser o único protagonista.

Isto parecia ser. Mas ao lermos artigos sobre o Centro Georges Pompidou, em Metz, ou o Metropol Parasol, em Sevilha, a abóbada de madeira da reciclada praça de touros, em Barcelona, ou o edifício Stadthaus de Londres, etc. Isto parece por em dúvida esse paradigma.

Por que não tem torres de madeira de 100 metros para sustentar imensas pás dos moinhos.?

Pois já temos torres de madeira para energia eólica com 100m de altura, não como teoria, mas como construções e seus criadores dizem poder chegar aos duzentos metros.

Inovaçao

TimberTower GmbH é "subproduto" de um escritório de engenharia civil de Hamburgo que operam desde o ano de 2002 no campo do vento (fundação e desenvolvimento e a construção da torre de controle, serviços). A TimberTower GmbH foi fundada em março de 2008 em Hannover.

Vamos resgatar desta informação sintética, uma quantidade de dados:

1. A torre de madeira, é um produto novo, "secundário" de uma empresa envolvida em questões de energia eólica;

2. A empresa "mãe" é muito jovem, fundada em 2002;

3. A empresa tributária, a TimberTower, é mais recentemente ainda, em 2008;

4. Os materiais e tecnologia para fazer torres de madeira de 100 metros ou mais, já existiam. A empresa incorporou investigação e design específico.

Por que usar torres de madeira para a energia eólica?

A demanda por novas torres é baseada nos conceitos de sustentabilidade, é impulsionado pelo mercado: Sustentável; Custo-benefício; O conteúdo da produção local; Fácil de transportar.

Características da Torre

• A torre é um polígono corpo oco fechado;

• O material é um composto de madeira laminada(CLT)

• A Pré-fabricação de painéis de madeira incluídos no processo de produção;

• As alturas de até 160 metros são viáveis.

No interior da torre é baseado em uma estrutura pré-montada que inclui todos os componentes, tais como iluminação, sistema de escada, sistema elétrico e de plano de trabalho.

Os painéis são colocados sobre a estrutura e interconectados.

O peso da turbina eólica esta a cargo apenas pelos painéis e não pela moldura.

Nível por nível. Com um equipamento de apoio relativamente simples, são colocadas as placas acompanhando o crescimento do marco no coração da estrutura.

Estas placas suportam a maior parte da carga do enorme gerador que circunda a torre.


Vantagens da madeira contra aço

• Melhor amortecimento sobre o aço (os efeitos dinâmicos do vento);

• Aumento da resistência à fadiga;

• A força do peso específico de madeira é maior do que a força do peso específico do aço;

• A resistência ao fogo da madeira é maior do que a resistência ao fogo de aço, o aço perde sua força rapidamente;

• Durabilidade da madeira aumenta quando a superfície é coberta e utilizado posteriormente em um ambiente protegido.

Certificação de instalações de energia eólica:

• usinas de energia eólica deve ser do tipo certificada.

• Base de Dados da certificação é IEC61400;

• Certificação com base nos padrões do Lloyd Germanischer (GL).

Além disso, na Dinamarca e Alemanha devem ser seguidas o certificado do material de orientação para fábricas de energia eólica DIBt .

Certificação do tipo pelo alemão TÜV que foi emitida para a primeria planta de energia eólica com um TimberTower.

A madeira

A madeira laminada em cruz (CLT) é produzido a partir de camadas laminado camadas de abeto. A disposição em cruz das lâminas longitudinais e laterais reduz os movimentos de expansão e contração da placa a um mínimo insignificante. E produz um aumento considerável na capacidade estática e força da forma.

O uso exclusivo de madeira seca em estufa com uma umidade da madeira de 12% (_ / - 2%) exclui ação destrutiva de pragas (geralmente insetos comendo madeira), ou infestação de fungos.

A produção de componentes de madeira maciça, grande ênfase é colocada sobre o uso de métodos contemporâneos, a produção de energia eficiente e ambientalmente amigável.

A madeira é um natural, saudável, renovável e recuperável ao final de seu ciclo de vida. Isto o torna um material altamente recomendado na construção.

A torre de madeira em usina de energia eólica se tornou uma realidade. TimberTower, no seu primeiro teste em 26 de março de 2010: Simulação e otimização erigiu uma torre de madeira teste nas instalações de HOLZBAU Cordes.

A torre é uma reprodução exata da parte superior de 25m da torre de madeira protótipo torre de madeira que é testado em escala para uma turbina eólica de 1,5 MW de energia, modelo AG Vensys.

As constatações feitas durante a construção da torre do teste é muito útil para a construção do protótipo.

Sobre a torre de madeira é colocado o gerador que pesa 100 toneladas, e transmite a força da torre de vento, sobretudo na inercia do arranque do movimento.

A madeira é alternativa atraente para energia eólica, especialmente devido a cargas dinâmicas, proteção contra corrosão, e o preço do material: a madeira oferece vantagens importantes.

O timberTower representa a alternativa ecológica para estabelecer conceitos inovadores, como o aumento do tamanho da base da torre possibilita mais alturas que torna economicamente viável.

Mais eletricidade é produzida a partir de fontes renováveis de energia - um passo importante para a proteção climática. As turbinas estão se tornando mais eficientes, os rendimentos são mais elevados.