MENU
Chapa Cimento
Colheita
Construo Civil
Economia
Editorial
Eucalipto
Feiras
Ferramenta de Corte
Gesto Florestal
Mveis & Tecnologia
OSB
Teca
E mais...
Anunciantes
 
 
 

REVISTA DA MADEIRA - EDIÇÃO N°122 - JANEIRO DE 2010

Feiras

Fim da crise gera expectativas para o setor de madeira e mveis

Empresas confirmam participação na FEMADE 2010 e esperam a retomada dos negócios

A indústria madeireira aposta no crescimento do mercado com o fim da crise financeira. Os representantes do setor mostram entusiasmo para a realização da Feira Internacional da Indústria da Madeira, Móveis e Setor Florestal - FEMADE 2010. Os organizadores esperam reunir mais de 100 expositores e cerca de 13 mil profissionais da cadeia produtiva da madeira do Brasil e do exterior no evento, que ocorre no Expotrade, em Pinhais - região metropolitana de Curitiba (PR).

Entre os países que estavam em recessão, nenhum apresentou recuperação tão forte quanto o Brasil no segundo trimestre, onde o Produto Interno Bruto (PIB) subiu 1,9% ante o primeiro trimestre deste ano. “Estamos apostando na retomada do mercado e na FEMADE, que detém totais condições de ser o principal evento do setor de madeira para a América Latina”, afirma Sigmar Sá, diretor executivo da Metalúrgica Turbina, de Gaspar (SC).

A Femade abrange toda a cadeia produtiva da madeira, desde a extração até a sua industrialização nos segmentos de compensados, painéis de MDF e MDP, indústria de esquadrias, pisos, decks e madeira para construção civil. Marcelo Luparia, proprietário da Maclinea, de Curitiba (PR), e presidente da Câmara Setorial para Máquinas e Equipamentos para Madeira (CSMEM) da Abimaq, diz que para 2010 vê um evento ainda mais forte, com o esforço dos organizadores, promotores e entidades. “Para 2010 também temos perspectivas de melhora das vendas e retomada dos investimentos”, afirma Luparia.

Henriete Benecke, diretora da Benecke, de Timbó (SC), lembra que a empresa considera a FEMADE a principal feira do setor madeireiro. “Hoje, em administração conjunta com os organizadores da Ligna – principal feira européia do setor, temos certeza que o evento fica ainda mais forte e poderá trazer novas oportunidades comerciais”.

Novidades da FEMADE 2010

Mundo da Madeira

A ampliação da feira também ocorre com o incremento do “Mundo da Madeira”, uma área de exposição exclusiva dedicada a empresas ligadas a produção de artefatos de madeira, componentes, construção civil e seus acessórios. É a forma que a organização da FEMADE achou para valorizar e implementar negócios neste importante segmento da economia nacional. A área de exposição também terá um showroom de produtos de madeira.

6ª Edição 10 anos

Reconhecida e consolidada no mercado, a FEMADE completa uma década de existência com muitas novidades, passando a ser comercializada no exterior pela Deutsche Messe AG, a promotora da LIGNA Hannover.

Rodadas Internacionais de Negócios

O encontro irá reunir empresários brasileiros ligados ao setor da madeira e importadores internacionais, especialmente europeus e latino-americanos. O objetivo é reunir empresários em um grande encontro de negócios focando principalmente nas vendas de produtos de madeira com maior valor agregado, o que gera maior número de empregos e receita ao Brasil.

Seminário Uso Sustentável da Madeira

de 24 a 25 de maio de 2010 das 14h às 18h Tem como objetivo promover a adoção de práticas que contribuam para a sustentabilidade econômica e ambiental do setor madeireiro. Serão apresentadas técnicas e informações que representem vantagens competitivas para as empresas do setor.

Expo Marcenaria

Evento direcionado para empresas de marcenaria, concentrando-se principalmente na revenda de máquinas, matérias-primas, equipamentos e acessórios para o setor. O objetivo é dar aos profissionais a oportunidade de ampliar seus conhecimentos e fornecer mais informações sobre novos produtos, tecnologia e qualificação profissional.

1º Fórum Brasileiro de Revendas de Produtos paraMarcenaria


27 de maio de 2010 das 14h às 18h Iniciativa inédita, que abre espaço para os revendedores debaterem os problemas e perspectivas do setor, tendo em vista preparar as revendas para atuarem como agentes de renovação da marcenaria.

Empresários apostam na FEMADE 2010


Em sua 6ª edição, a Feira Internacional para a Indústria da Madeira, Móveis e Setor Florestal conta com novos participantes, tais como: Atlas Copco, Vima, Arflux, Icavi e garante a presença de tradicionais expositores como: Benecke, Maclínea, Omeco, Fezer, H. Bremer, Digisystem, Irmãos Lippel, Máquinas Bruno, Metalúrgica Turbina, entre outros, que participaram de todas as edições da FEMADE.

“O mercado sentia a ausência de uma feira para o setor madeireiro. Não tínhamos um evento focado. A experiência da Deustsche Messe AG, organizadora da Ligna, também traz perspectivas muito positiva, assim como a retomada das vendas”, afirma Gustavo Mostiack, diretor comercial da Fezer, de Caçador (SC).

Os expositores também já falam das inovações que apresentarão na feira. A Digisystem, de Curitiba (PR), vai expor o novo controlador e registrador para estufas de secagem de madeira e novos medidores de umidade que estão sendo aperfeiçoados conta o diretor administrativo, Marcos Antonio Faria Gomes.

A Icavi, empresa que estréia como expositora do evento, afirma que o principal objetivo da participação é divulgar a marca dos seus produtos no ramo florestal, além da sua tecnologia e know-hall. “Acreditamos que em 2010 teremos a retomada dos investimentos, e enxergamos muitas perspectivas para a FEMADE. Já tivemos uma melhora neste final de 2009, com o fim da crise”, afirma Márcia Tensen, assessora comercial da empresa catarinense.

FEMADE 2010 prevê duas rodadas internacionais de negócios

Uma será focada no setor de máquinas e equipamentos e outra na madeira e seus subprodutos

A FEMADE contará novamente com uma Rodada Internacional de Negócios focada no setor de máquinas e equipamentos para madeira, com o apoio da APEX – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

Na edição de 2008, a rodada contou com a presença de 12 empresas internacionais (representantes e distribuidores) de seis diferentes países (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Guatemala e Peru) e 17 empresas brasileiras da indústria de máquinas e equipamentos, totalizando 118 reuniões, cujo objetivo era promover o comércio entre as empresas nacionais e compradores internacionais.

A FEMADE 2010 contará, ainda, com uma rodada de negócios focada na venda de madeira e de produtos com maior valor agregado. Estes eventos irão reunir empresários brasileiros ligados ao setor da madeira e importadores internacionais em um grande encontro de negócios.

Novas oportunidades comerciais

A FEMADE 2010 conta com uma grande novidade, que é o International Pavillion, uma área de exposição dedicada exclusivamente aos expositores do exterior. “Estas empresas ficarão concentradas em uma área especial da feira, que dará todo o suporte necessário para a abertura de contatos e estreitamento das relações com os visitantes e empresas nacionais”, explica Constantino Baümle, diretor presidente da Hannover Fairs Sulamérica.

O apoio técnico e organizacional para os expositores pode ajudá-los a ter uma participação muito positiva. Desta forma, eles se concentram em negócios e podem usar a FEMADE como uma plataforma para promover seus produtos no Brasil e na América do Sul, sem preocupar-se com um estande próprio.

Entrevista

Martin Folkerts, Diretor Global da Deutsche Messe AG

A FEMADE é uma realização conjunta da ABIMAQ -Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos -, da Hannover Fairs Sulamérica e da Deutsche Messe AG (DMAG)– maior organizadora de feiras do mundo, com sede em Hannover, na Alemanha. Abaixo, você confere uma entrevista exclusiva com Martin Folkerts, diretor global da Deutsche Messe AG.

RM: Como você vê o Brasil no contexto mundial, sua representação e potencial?

Folkerts: O Brasil tem grande potencial econômico devido à grande quantidade de matérias-primas, ao avanço de sua industrialização, à estabilidade política. A combinação entre grandes áreas florestais e um impressionante crescimento econômico torna o Brasil muito atrativo para as empresas européias e organizações de todos os continentes.

RM: Qual é a importância que a DMAG dá para a FEMADE?

Folkerts: A DMAG é uma experiente organizadora de feiras internacionais de madeira. Em maio de 2009, diversos países. Além disso, a imprensa internacional será visitada e vamos trabalhar em conjunto com importantes associações e organizações internacionais para promover o desenvolvimento da FEMADE.

RM: Como será a participação da DMAG na promoção e comercialização da FEMAE no exterior?


Folkerts – Usando nosso conhecimento no setor da madeira, a DMAG irá assumir todas as tarefas a serem executadas pela FEMADE fora do Brasil, para promover a feira no ano que vem. Entraremos em contato com os expositores e visitantes por telefone, correio e e-mail. As vendas serão apoiadas pelos nossos escritórios de representação espalhados por diversos países. Além disso, a imprensa internacional será visitada e vamos trabalhar em conjunto com importadores, associações e organizações internacionais para promover o desenvolvimento da FEMADE.

RM: A FEMADE 2010 também vai realizar ações de sustentabilidade para a cadeia produtiva da madeira. Qual é a importância desta ação?

Folkerts: No futuro, a relação custo-eficácia e sustentabilidade serão fatores que caminharão juntos. Empresas e até mesmo os nossos países querem e devem ser gentis com o meio ambiente. É preciso incentivar o ser humano com boas condições de trabalho e proteger a biodiversidade. No setor da madeira, o processamento eficiente é um tópico importante. Questões como a exploração eficiente desta matéria-prima, o uso econômico de tempo e energia, e maneiras de cortar custos de produção foram muito debatidos na LIGNA 2009. Isso mostra que a sustentabilidade está ligada a vários fatores e continua a ser um problema em todo o mundo.

Fonte: Elaborada pela Equipe Jornalística da Revista da Madeira