Remade
 
Ingles Espanhol Portugues
Congresso_Bio
BUSCA  
 
LOGIN E-mail:
  Senha:
CANAIS
  MADEIRAS
Celulose
Energia
Espécies
Madeira Serrada
Manejo e Usos
Painéis
PMVA
  MENU
  NEWSLETTER
 
Receba nossa newsletter semanalmente
Nome:
E-mail:
 
 
 
 

MADEIRAS - PAINÉIS

MDP

MDPUma nova tendência no mercado de chapas de madeira foi lançada primeiramente pela Berneck e na seqüência pela Eucatex e pela Satipel: o MDP.

O MDP (Medium Density Particleboard), que significa Painel de Partículas de Média Densidade, chega como resultado do uso intensivo da tecnologia das prensas contínuas, modernos classificadores de partículas e softwares de controle de processo, aliados à utilização de resinas de última geração e madeira de florestas replantadas.

O produto representa uma evolução tecnológica do aglomerado convencional. Uma das suas principais características é a qualidade superior que apresenta em relação aos antigos painéis de madeira aglomerada. O MDP é produzido com a aglutinação de partículas de madeira com resinas especiais, através da aplicação simultânea de temperatura e pressão, resultando em um painel homogêneo e de grande estabilidade dimensional.

Com relação aos painéis de MDF, apesar de ambos serem classificados como painéis de madeira de média densidade, na produção do MDP, as partículas de madeira são colocadas em camadas, permitindo que as mais finas fiquem na superfície e as mais delgadas no miolo, já no MDF, aglutinam-se fibras de madeira.

Com propriedades mecânicas estáveis e aparência diferenciada do aglomerado convencional, o MDP apresenta desempenho igual ou superior ao MDF nos processos de pintura, pois possui uma superfície muito fina, bastante fechada e homogênea e de alta densidade, o que causa menor inchamento das partículas da superfície do painel – conseqüentemente menor absorção de tinta.

Em relação ao MDF, possui também maior resistência ao arranque de parafuso, menor empenamento, menor absorção de umidade, além do importante diferencial de menor preço. Um móvel feito de MDP, totalmente ou em parte, será sempre mais econômico e mais competitivo no mercado.

O MDP é mundialmente mais utilizado para a produção de móveis de linhas retas, enquanto o MDF é mais apropriado para aplicações que exijam usinagens em baixo relevo, entalhes ou cantos arredondados para a aplicação de pintura ou PVC.

Principais características do MDP:

• Alta densidade das camadas superficiais, o que assegura um acabamento superior nos processos de impressão, pintura e revestimento;
• Produção com o conceito de três camadas: colchão de partículas no miolo e camadas finas nas superfícies;
• Homogeneidade e grande uniformidade das partículas das camadas externas e interna;
• Propriedades mecânicas superiores: melhor resistência ao arrancamento de parafuso, menor absorção de umidade e empenamento;
• Utilização de resinas especiais de última geração;
• Utilização de madeiras selecionadas provenientes de florestas plantadas, econômica e ecologicamente sustentáveis.

Principais aplicações do MDP:

• Portas retas;
• Laterais de móveis;
• Prateleiras;
• Divisórias;
• Tampos retos;
• Tampos pós-formados;
• Base superior e inferior;
• Frente e laterais de gaveta
 
  PUBLICIDADE
Congresso_Bio
Smithco
 
  PUBLICIDADE
 
Lyptus
Horus
Sayro
Tecnovapor
Fimaco
Contraco
 
  DESTAQUE
  Planflora  
  HOT-SITE
   
  PROTEJ EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA LTDA
ROHDEN PORTAS E PAINÉIS
CCPU
+ Construa seu hot-site
 
 
Quem Somos    Contato    Cadastro    Anuncie    Mapa do Site    FAQ    Privacidade
Portal Nacional da Madeira - REMADE • Copyright 2001-2009 • Todos os direitos reservados